Grupo de whatsapp: Mochilão

Veja aqui a lista completa de grupos de viagem no whatsapp 👉 Clique aqui para o link de convite do grupo de viagem Os grupos possuem limite de 257 participantes e alguns costumam permanecer lotados. Se o grupo que você deseja está nessa situação, permaneça testando, pois as pessoas entram e saem toda hora e … Ler mais

Grupo de whatsapp: Chile 1

Veja aqui a lista completa de grupos de viagem no whatsapp 👉 Clique aqui para o link de convite do grupo do Chile Os grupos possuem limite de 257 participantes e alguns costumam permanecer lotados. Se o grupo que você deseja está nessa situação, permaneça testando, pois as pessoas entram e saem toda hora e … Ler mais

St. Patrick’s Day: Os melhores lugares no mundo para celebrar

Já perceberam como a festa de St. Patrick’s Day tem sido cada vez mais aderida? Pode ser impressão minha, mas não lembro de ver tantos bares comemorarem a data há uns anos atrás, pelo menos não no Brasil. Se você não sabe o dia certo, anota aí, dia 17 de Março.

Inicialmente, a celebração era feita pelos irlandeses, e você deve imaginar a importância e o significado dessa festa para eles. Lá eles tem um feriado dedicado à São Patrício, santo padroeiro que disseminou o catolicismo no País, e a festa é tããão boa que influenciou outros lugares a comemorarem a data com eles.

Em Dublin, esse feriado é como um carnaval pra nós, durante 4 ou 5 dias as pessoas festejam com desfiles, fantasias, shows ao ar livre, e a festa se espalha por todos os pubs da cidade, sempre com bastante cerveja e uísque irlandês.

Atualmente, a comemoração de St. Patrick’s Day não é apenas na Irlanda e até o Cristo Redentor já ficou verde. Outras cidades, além de Dublin, já mostraram que sabem fazer uma boa festa, com a mesma energia e animação, e hoje em dia, aonde você estiver, há cidades para sair trajado de verde e tomar uma cerveja no dia 17 de março. Então se você nunca participou dessa festa, provavelmente uma te alcançará em breve.

3 Curiosidades sobre St. Patrick’s Day

Se não está disposto à esperar a ação do destino, e quer festejar em alto estilo, nas melhores festas de St. Patrick’s Day pelo mundo, nós te damos uma listinha pra você se planejar para a próxima. Mas antes disso, te conto três curiosidades sobre a festa:

  • O nome original do Padroeiro era Maewyn Succat, e ele trocou o nome para Patrick (Em português: Patrício – que significa pai) quando virou um sacerdote.
  • A Irlanda se pinta com a cor durante os dias de folia, e é muito comum, em todos os lugares no mundo, que o chope tenha a cor verde, adicionando algumas gotas de menta, ou corante à bebida.
  • Em Chicago, desde 1961 as águas do rio da cidade são pintadas de verde. Em outros lugares o verde é utilizado na iluminação dos principais pontos turísticos, e até o Cristo Redendor já entrou na brincadeira.

Veja aqui o significado do trevo, da Harpa, do verde, do doende e outras curiosidades sobre a festa de St. Patrick’s Day.

As melhores festas pelo mundo

DUBLIN

A original, é claro, é a maior festa do mundo. A cidade explode em seu momento auge todo anos, são 4 ou 5 dias em que o berço do St Patricks Day se enche de música tradicional, folclore, danças, desfiles, e é claro, muita cerveja.

NEW YORK

NY também tem seu próprio desfile, com duração de 6h, o desfile mais antigo nos EUA, que começou a 14 anos antes da declaração de Independência dos EUA. Eles possuem a segunda maior festa por um motivo, possuem uma das maiores populações irlandesas dentro dos Estados Unidos.
Cerca de 2 milhões de pessoas acompanham o caminho ao longo da Quinta Avenida. Então imagine a união da cidade que nunca dorme com a alegria dos irlandeses, a festa se espalha por toda cidade, em todas as ruas, bares, pubs, impossível não se contagiar.

BUENOS AIRES

A quinta maior população irlandesa no mundo está lá, e é claro que eles não deixariam de esverdear os 10 bairros no coração da cidade nessa data. Há um desfile na Plaza San Martin, que também é considerado o maior desfile da cidade, que dá abertura às comemorações da noite.

CHICAGO

Outro lugar com uma festa bem famosa é Chicago, onde desde 1961 eles gastam mais de 40 quilos de corante verde para transformar o rio de Chicago. Lá também rola um desfile de 3h, um dos maiores dos EUA, o ‘Chicago Downtown Parade’ que em 2015 completou sua 60º edição. Eles celebram durante todo o mês de março.

BOSTON

No O grande número de descendentes irlandeses em Boston torna a cidade um dos locais mais importantes do mundo para a celebração do Dia de São Patrício. No domingo mais próximo ao St. Paddy’s Day, em South Boston, monta-se um palco para um animado desfile que inclui bandas tradicionais de todos Estados Unidos.

LONDRES

Aqui o desfile acontece no domingo mais próximo ao dia 17 de março e conta com carros alegóricos e bandas que passam por lugares badalados como a Piccadilly Circus, Whitehall e Trafalgar Square. As pessoas se reunem no Jubilee Gardens e no National Theatre, onde há músicas e danças celtas, comidas típicas, artesanatos, trajes e artes irlandesas. Isso tudo acontece com a linda visão da London Eye.

AUCKLAND

Se você estiver pensando em conhecer a Nova Zelandia, vale programar para pegar alguns dias da festa aqui. Em Auckland existe uma catedral dedicada à São Patrício, e a cidade também se dedica em fazer uma big festa durante março. A festa dura alguns dias e se divide em eventos pela cidade, inclusive uma parada. Eles tem um site da festa, se quiser ver mais, clica aqui.

TÓQUIO

Por mais estranho que pareça, lá do outro lado do mundo eles também sabem fazer uma boa festa de St. Patrick’s Day. Há 24 anos eles realizam uma parada que celebra a data na capital japonesa e só vem aumentando sua popularidade.

COPENHAGUE

Aqui rola uma das celebrações mais divertidas de St. Patrick’s pelo globo. Patrocinada pela Carlsberg e pelos diversos pubs irlandeses espalhados pelo país, acontece anualmente a Three-legged Charity Race. Uma corrida feita em duplas, onde os participantes amarram uma de suas pernas junto a do companheiro e completam circuitos de até 5km, a fim de arrecadar dinheiro e mantimentos para instituições de caridade da região.

COATBRIDGE

Nessa pequena cidade ao norte da Escócia a festa foge um pouco do padrão do resto do mundo, sendo uma celebração mais introspectiva e saudosista, que homenageia e relembra o número de soldados irlandeses que se abrigaram e defenderam a cidade durante a Primeira Guerra Mundial.

MILÃO

O conselho de turismo Irlandes realiza durante uma semana inteira, celebrações no Ippodromo del Trotto, levando aos italianos toda a magia relacionada ao feriado de St. Patrick com comida, música e dança para todas as idades, além de muita Guinness para os adultos.

MUNIQUE

Você deve imaginar que era óbvio que um dos lugares mais famosos pela cerveja não ficaria de fora dessa lista. Mas essa festa é especial, no dia 17 de março, os alemães se dedicam a apreciar as canecas e pints de Guinness ao invés de suas icônicas lagers e weizen biers. Eles comemoram com uma enorme festa ao ar livre organizada na cidade que normalmente acontece na Câmara Municipal de Munique, que é toda iluminada com luz verde.

TESSALÔNIA

Tessalônia possui uma comunidade irlandesa enorme, e é a segunda maior cidade da Grécia, além de ser uma das mais belas. Por esses três motivos, seus moradores e moradores do sudeste europeu se programam para ir até lá e serem recebidos com bastante shots de uísque e ouzo.

BELFAST

Essa lista não estaria completa sem mais uma cidadezinha Irlandesa. Lá a festa rola por todos os lugares do país, mas além de Dublin, Belfast se destaca.
A capital da Irlanda do Norte faz uma festa super caprichada, com muita dança, música, decorações, um desfile enorme e muita Guinness, é claro. A festa costuma durar uns 4 dias, levando aos nortenhos toda a atmosfera positiva que engloba a festa.
 
Essas são as principais espalhadas pelo mundo, mas a festa já está tão globalizada que será possível curtir em lugares inimagináveis, com religião e cultura totalmente diferentes da Irlanda, tenta a sorte.
Sabia que alguns lugares em SP e BH também costumam comemorar? Seguem algumas indicações que vocês podem tentar:

São Paulo

  • São Paulo (Capital) – Bar Charles Edward, Bottled Dog, Café Aurora, Dublin, Jet Lag Pub, Memphis Rock Bar, Morrison Rock Bar, Ozzy Stage Bar, Republic Pub, Rhino Pub, Rock Bikers Bar, Sailor Burgers & Beers, Saloon
    St. John’s Irish Pub, The Blue Pub, The Joy, The Sailor.
  • Santo André – Old Town English Pub
  • São Bernardo do Campo – Liverpool
  • São Caetano do Sul – Booze Hound Bar, Goodfellas
  • São José dos Campos – Dunluce Irish Pub
  • Sorocaba – Kingsford
  • Bauru – Jack Music Pub

Belo Horizonte

  • A Autêntica – rua Alagoas, 1172, Savassi
  • Pátio Cervejeiro da Backer – rua Santa Rita, 220
  • Estacionamento do Mineirão

E aí, já escolheu onde comemorar o próximo St. Patrick’s Day?

Veja aqui tudo que já escrevemos sobre a Irlanda.

10 segredos de Machu Picchu que você não sabia

No alto da Cordilheira dos Andes fica a cidadela sagrada, que foi “descoberta” em 1911 por um professor de Yale chamado Hiram Bingham. Ele foi levado à cidade antiga, que foi construída em torno da década de 1450, por um menino local e ficou compreensivelmente atordoada pela beleza e grandeza do site abandonado. Na edição de abril … Ler mais

Grupo de whatsapp: PERU mochilao

Veja aqui a lista completa de grupos de viagem no whatsapp 👉 Clique aqui para o link de convite do grupo do Peru Os grupos possuem limite de 257 participantes e alguns costumam permanecer lotados. Se o grupo que você deseja está nessa situação, permaneça testando, pois as pessoas entram e saem toda hora e … Ler mais

Grupo de whatsapp: Uruguai

Veja aqui a lista completa de grupos de viagem no whatsapp 👉 Clique aqui para o link de convite do grupo do Uruguai Os grupos possuem limite de 257 participantes e alguns costumam permanecer lotados. Se o grupo que você deseja está nessa situação, permaneça testando, pois as pessoas entram e saem toda hora e … Ler mais

Grupo de whatsapp: Mochilão Sudamerica

Veja aqui a lista completa de grupos de viagem no whatsapp 👉 Clique aqui para o link de convite do grupo do Mochilão Sulamerica Os grupos possuem limite de 257 participantes e alguns costumam permanecer lotados. Se o grupo que você deseja está nessa situação, permaneça testando, pois as pessoas entram e saem toda hora … Ler mais

Grupo de whatsapp: Mochileiro da América

Veja aqui a lista completa de grupos de viagem no whatsapp 👉 Clique aqui para o link de convite do grupo de Mochileiro da América Os grupos possuem limite de 257 participantes e alguns costumam permanecer lotados. Se o grupo que você deseja está nessa situação, permaneça testando, pois as pessoas entram e saem toda … Ler mais

Onde comer bem e barato em Santiago: Melhores restaurantes, bares e lanchonetes

Santiago tem restaurantes para todos os gostos e bolsos. Não é dos lugares mais fáceis pra encontrar as comidas típicas, mas por aqui vale também comer as pizzas, hambúrgueres e outras receitas internacionais que são deliciosas. Fizemos uma seleção de alguns restaurantes pra te ajudar a escolher onde comer. Tradicionais, Bons e Baratos Es Lo … Ler mais

Grupo de Whatsapp: Chile Tips

Veja aqui a lista completa de grupos de viagem no whatsapp 👉 Clique aqui para o link de convite do grupo do Chile Os grupos possuem limite de 257 participantes e alguns costumam permanecer lotados. Se o grupo que você deseja está nessa situação, permaneça testando, pois as pessoas entram e saem toda hora e … Ler mais

Onde comer bem e barato em Lima: Melhores restaurantes, bares e lanchonetes

Ají – Restaurante Museu Larco

Antes de tudo, devo dizer que pra mim, esse é sempre o post mais importante de toda viagem. Haha. Sim, viajamos pra comer, e Lima foi uma surpresa agradabilíssima. Confesso que pouco conhecia da culinária do Peru até decidir visitar, e assim como nós, espero que você consiga provar um puco de cada em ótimos lugares. Vamos tentar te ajudar nisso.
Lima não foi o lugar com refeições mais baratas que conhecemos, Cusco é muuuito mais barato, mas temos que admitir que a variedade de restaurantes era enorme.
Fizemos uma divisão entre tipos de restaurantes: Os mais sofisticados, com porções menores, e preços mais elevados. Os mais em conta, com porções generosas, mais informais e frequentado também por moradores, as lanchonetes e as sobremesas.


Os mais sofisticados

:: Café do Museo Larco: Vai rolar um destaque aqui pra esse restaurante só porque ele merece! Deixe pra conhecer esse quando for visitar o museu Larco. Ele não é um dos mais chiques que fomos, as porções não são das menores e a comida não é daquelas que você vai lembrar pra sempre, mas vale pelo clima. O lugar é lindoooo! Não que a comida seja ruim, nada disso, é bem boa, mas o destaque aqui é a beleza do lugar mesmo, é um dos mais belos jardins que um museu pode ter. O Museu Larco foi um dos meus lugares preferidos em Lima, minha sugestão é reservar quase que um dia inteiro pra se perder lá. Leia todos os cards explicativos, tire bastante fotos, e vá antes de visitar outros lugares, vá no primeiro dia, será muito mais esclarecedor enxergar a história toda ali, antes de visitar os demais locais históricos. Você pode visitar o museu de tarde para noite, que fica aberto até as 22h, assim você vê o museu de dia e também com a iluminação noturna. O Jardim é tão lindo que a filha do ex-presidente peruano Alberto Fujimori celebrou o seu casamento ali. O lugar é realmente romântico, pra vocês terem ideia, um rapaz pediu a namorada em casamento na mesa do nosso lado <3
As fotos nunca retratarão a beleza total do Jardim:

Mas voltando ao restaurante!
Provamos o Ají de Galinha, que estava bem gostoso, o bife com macarrão verde (Vi passando pra mesa ao lado e não consegui mais me imaginar comendo outra coisa rs) e o peixe também estava gostoso. Os lagostinos de entrada são recomendados pelos garçons e os raviolis também.

  • Endereço: Av. Simón Bolivar 1515, Pueblo Libre

:: Saqra: Nós queríamos conhecer algum restaurante do Gaston Acurio, o Astrid y gaston é o mais famoso em Lima, e o mais caro também. O Tanta nós passamos na frente e achamos as porções pequenas demais para nossa fome rs… Acabamos optando por experimentar o Saqra, e te confesso que acertamos em cheio! O restaurante tem uma decoração descolada e o ambiente é super agradável. Mesmo seguindo a qualidade de pratos dos demais, dá pra comer bem sem gastar muito. É o local ideal para quem quer experimentar pratos um pouco mais trabalhados e que te surpreendam. Nossa dica pra esse restaurante e todos os demais: Peça ajuda ao garçom. Pergunte o que é mais diferente, o que sai mais, o prato mais completo…eles sempre dão as melhores dicas. Nesse nós perguntamos e o garçom nos sugeriu o cogumelo grelhado. Dá uma olhada na cara dos pratos! Caso a temperatura esteja agradável, a dica é sentar-se numa mesa na área aberta e aproveitar o bom tempo.
:: Wa Lok: Uma das chifas mais chiquezinhas que fomos. Boa pra uma janta, mas nem precisa se preocupar muito com roupa, eles não fazem exigencias. A comida era ótima e atendimento excelente. Não era a mais barata, mas valeu a ida.
:: Punto Azul – Miraflores: Esse é sofisticado nos pratos, não é basicão. Considerada a cevicheria nº1 do Peru, serve frutos do mar, ceviches e outros pratos da culinária peruana, em porções bem generosas. Mas não é dos mais baratos. Onde fica: Av. Primavera 2235, Surco, Lima, Peru
:: Central: 4º lugar na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo e foi eleito o melhor restaurante da América Latina em 2014, a casa possui uma horta própria, purifica e engarrafa a água servida e armazena os chocolates em uma caixa de madeira especialmente construída para manter as propriedades do alimento. Reservar dois meses antes. Há quatro menus, com 12 ou 17 passos (de S/ 318 a S/ 398). Onde fica: Calle Santa Isabel 376, Miraflores, Lima, Peru
:: Astrid y Gastón – Miraflores: A mais famosa casa do chef Gastón Acurio, que serve culinária peruana fusion. 14ª posição na lista dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo e a 2ª posição na lista dos melhores da América Latina. O restaurante trabalha e desenvolve a culinária peruana, com qualidade internacional. O restaurante tem franquias em diversos países, como Argentina, Espanha, Inglaterra, México e Chile, entre outros. Reservar um mês antes. Serve pratos à la carte. Sugerimos os menus degustação com 9 ou 13 fases (S/ 385 o menu mais caro). Onde fica: Cantuarias 175, Miraflores, Lima, Peru
:: Maido – Miraflores: 5ª posição dos melhores restaurantes da América Latina. Especializado na culinária nikkei, que é a mistura das culinárias japonesa e local. Reservar antes. S/ 137 de gasto médio individual, sem bebidas nem 10%
:: La Mar – Miraflores: Considerado a melhor “cevicheria” de Lima. Filiais em Miami, Bogotá, São Paulo, entre outras cidades, e seu criador, o chef Gastón Acurio. Só abre para o almoço, quando o peixe está mais fresco. Localizado na Avenida La Mar. Não aceita reservas. S/ 112 em média. Onde fica: Av. La Mar 770, Miraflores, Lima, Peru.
:: Rafael: O chef Rafael Osterling vem despontando como um dos melhores chefs da cidade. Recomendável reservar. S/ 149 em média. Onde fica: San Martin 300, Miraflores, Lima, Peru
:: Tanta: Outro famoso restaurante de culinária peruana do grupo de Gastón Acurio. Esse não é tão sofisticado de ambiente, é mais descontraído, mas os pratos não eprdem em nada, e os preços também não rs.

  • CENTRO HISTÓRICO – Pasaje Nicolás de Rivera 142, Lima – Lun-Sab 9:00 a 22:00 – Dom 9:00 a 18:00
  • LARCOMAR – Malecón de la Reserva 610, Miraflores -Lun-Dom 9:00 a 00:00
  • SAN ISIDRO – Pancho Fierro 115, San Isidro – Lun-Sab 8:00 a 00:00 – Dom 8:00 a 22:00

:: Cala Restaurante: Fica na beira da praia, vá à noite, quando ele fica bem mais bonito. Não dispense a entrada, nem a sobremesa. Tente o menu de degustação com cinco sobremesas pequenas e inventivas. De prato principal, vá de frutos do mar. O polvo grelhado da casa é o item mais pedido. Onde fica: Cto. de Playas – Barranco


Mais populares

:: La Rosa Nautica: Um restaurante antigo e tradicional da cidade. O primeiro ponto que atrai é sua localização, ele fica em um píer na praia, sobre o mar, com vista para o paredão de Miraflores. Não é barato e popular, mas também não é alta gastronomia. É bem turístico. Reservar uma mesa na janela, para aproveitar a vista. Onde fica: Espigon 4 Circuito de Playas, Miraflores, Lima, Peru.
:: Restaurante e Bar Cordano – Centro: Servem café da manhã, almoços e jantas. Um dos bares mais antigos do país, Cordano é uma instituição de Lima. Por estar localizado na esquina do Palácio do Governo, todos os presidentes anteriores foram clientes, mas também artistas, escritores e outros políticos. Tendo aberto suas portas há mais de 100 anos, o lugar é charmoso com sua decoração original: piso, azulejos, armários e balcões de madeira escura e a equipe mais antiga. Entrar em Cordano faz você querer voltar no tempo. Peça um Butifarra – “uno Del país, porfa” eles dizem aqui. O Butifarra é um sanduíche em uma baguete francesa recheada com fatias de jamon del pais (porco) e a salsa criolla (cebola, limão e pimenta). É o melhor butifarra em Lima com certeza. Os pratos mais pedidos são: Pescado a la vasca, Pescado a lo macho, Jalea mixta, Arroz con mariscos, Tortilla de langostinos e Lengua en salsa con arroz. Onde fica: Jr, Jirón Carabaya 100, Cercado de Lima 15001, Peru – Funciona de Dom à Sáb de 8h às 20:30.
:: Chifa Union – Barranco: Se você for visitar barranco, te digo que esse aqui é imperdível. A melhor Chifa que provamos por lá, gostoso e bem servido. Desconsidere, ou considere a boa bagunça que os locais fazem, principalmente aos domingos. Você verá famílias inteiras se reunindo para uma refeição com muito falatório e montanhas de pratos passando. Pega leve no pedido, os pratos são gigantes.
:: Huaca Pucllana: Ao lado do sítio arqueológico Huaca Pucllana. Especialistas em comida criolla (Típica peruana, com ingredientes locais e inspiração na culinária espanhola), com variedade de peixes e carnes, e pratos tradicionais como lomo saltado, ají de gallina, arroz com pato, e outros. Prove a corvina em crosta de quinua. Vá de noite e veja as ruínas iluminadas. Valore não são dos menores. Onde fica: Calle general Borgoño, cuadra 8 – recomendável reserva. Funciona diariamente de 12h às 16h / 19 até meia noite.
:: Panchita: Do Chef Gastón Acurio, com ambiente informal. – Onde fica: Av. Dos de Mayo 298, Miraflores, Lima, Peru
:: La Picanteria: Sem placas grandes nem estacionamento, em uma casa de portas fechadas, no bairro de Surquillo. As picanterias surgiram do hábito dos peruanos antigos de bater em casa populares e pedir pra compartilhar o almoço, pois faltam restaurantes. O cardápio fica escrito nos quadros, pois não existe em papel. Não existe prato individual, nem mesa individual, tudo é pra compartilhar que é a essência das picanterias.. O bar oferece uma infinidade de tipos de Chicha de Jora. Onde fica: Calle Santa Rosa 388 esquina com Ca. Gonzales Prada – Surquillo – Aberto para café da manhã e almoço de 11h às 17h.
:: Boteco Canta Rana: Localizado no bairro de Barranco com decoração de futebol. O lugar faz sucesso, então vive cheio, e por ser pequeno, aconselhamos chegar cedo se não quiser esperar. A cozinha é dentro, portanto saiba que o cabelo e roupa sairão cheirando a fritura. Um dos poucos lugares onde se encontrará uma cerveja gelada e também inúmeros pratos peruanos. Prove o ceviche de pescado, chicharrones ou arroz com marisco. Ambiente sem frescuras. Onde fica: Ca. Genova, 101 – Barranco – Não faz reserva.
:: Mercado municipal – El Cevichano: Se você vai visitar omercado municipal no horário do almoço, você pode comer no El Cevichano, o melhor avaliado pelo mercado. Prove um ceviche, a causa, os frutos do mar fritos, acompanhado de uma Inka Cola ou uma cerveja Cusqueña.


Lanchonetes

:: Papacho’s: Hamburgueria do Gastón Acurio que além do clássico hambúrguer, também fa sanduíches dos mais diferentes ingredientes. Há opções vegetarianas. Onde fica: Shopping Real Plaza Salaverry – Jesús Maria
ou Av. La Paz 1045 – Miraflores ou Shopping Jockey Plaza – Chacarilla
:: Mercado Vivanda – Lanches saudáveis em Miraflores: Você não imaginaria que um mercado teria bons lanches também é? Nós também não, mas o Vivanda surpreendeu. Vale ir lá só pra provar uma Empanada de Ají, mas perca-se nos balcões de doces e comidas diferentes. Há várias opções saudáveis por lá.
:: La Lucha: Ótimo pra depois da balada, o pão é feito por eles mesmos, os sucos de frutas frescas, os ingredientes são fresco, naturais e tudo é preparado na hora. As lojas ficam sempre lotadas, mas a fila anda rápido. Prove a batata frita que é feita de Papa Huayro com casca e tudo, que só existe no Peru. Lambuze-se nos molhos Prove o La Lucha (Filé mignon e queijo), Pavo a la leña (Peru desfiado). Onde fica: Oscar R. Benavides 308 – Miraflores ou Pasaje Champagnat 139 – Miraflores ou Av. Santa Cruz 814 – Ovalo Gutierrez ou Shopping Larcomar, Praça de Alimentação.
:: Hamburguesas y Salchipapas República – Miraflores: Fast food no movimentado bairro de Miraflores. Serviço rápido e comida de boa qualidade. Prove o combinado de arroz chaufa y pollo broaster, ou hamburguesa de ternera, ou Hamburguesa Royal acompanhado de Chicha morada. Onde fica: Diagonal 220, Miraflores 15074, Peru – Funcionamento: Segunda à Quinta de 13h às 21h e Sexta à Domingo de 11h à meia noite.
:: Juicy Lucy: Localizado em Miraflores, na rua onde estão as principais cevicherías da cidade. Costuma ficar cheio todos os dias pois o lanche é realmente bom. A decoração é meio vintage. Onde fica: Av. La Mar, 1328 – Miraflores
:: El Chinito: Bem peruan, ótimo sabor e opção para uma refeição rápida. Onde fica: Av. Caminos del Inca, 2495 – Surco ou Av. Grimaldo del Solar, 113 – Miraflores ou Jr. Chancay, 894, esq. com Zepita – Cercado de Lima ou
Parque de la Amistad, Plaza de Comidas – Surco ou Av. Grau 302 – Barranco.


Sobremesas

:: Amorelado: Sorvetes artesanais com um nome que é um trocadilho com as palavras Amor e Helado (sorvete em espanhol). A dona do local, estudou na escola de gastronomia Cordon Bleu e resolveu se especializar em sua sobremesa favorita. Produzidos diariamente ali mesmo, com frutas frescas e sem aromas artificiais ou conservantes. São umas 20 opções diárias, e sugerimos provar os típicos: Tuna (fruta de cacto), Ají Amarillo (tipo de pimenta), Gorgonzola com peras ao rum, Chirimoya (fruta local que lembra a pinha), Piña con albahaca (abacaxi com manjericão), ou Pie de limão e manga con chirimoya. Que aventura de sabor hein?! – Onde fica: Calle Ignacio Merino 525, Miraflores. De 11:00 às 21:00 todos os dias.


Fomos, mas não recomendamos

Passe longe desses:

  • Rua das Pizzas
  • Manolo – Churros

Guarde espaço para a sobremesa e peça algo com lúcuma, uma fruta típica do Peru – você vai conseguir encontra-la em sorvetes, mousses, doces, chocolates e com outras frutas em sobremesas.

Como comprar ingresso para o Machu Picchu sem intermediários no site oficial

No alto da Cordilheira dos Andes fica a cidadela sagrada, que foi “descoberta” em 1911 por um professor de Yale chamado Hiram Bingham. Ele foi levado à cidade antiga, que foi construída em torno da década de 1450, por um menino local e ficou compreensivelmente atordoada pela beleza e grandeza do site abandonado.

Na edição de abril de 1913 da National Geographic, Bingham compartilhou a existência de Machu Picchu com o mundo moderno. Desde então o espetacular sítio arqueológico atraiu visitantes, pesquisadores e exploradores de todo o mundo determinados a desvendar o mistério do sitio.

A cidade agora é um Patrimônio Mundial da UNESCO, mas os cientistas estão estudando o retiro sagrado da montanha há décadas, e ainda assim existem muitos segredos sobre Machu Picchu e as pessoas que o construíram.


Site oficial

Direto e objetivo, clique aqui para realizar a compra de ingressos diretamente com o governo. Mais em baixo colocamos o passo a passo pra te ajudar a comprar.
OBS: Se o site aparecer com erro, habilite o Flash e atualize. Isso tem acontecido com muitas pessoas, mas se atualizar, ele volta a funcionar.


Disponibilidade de ingressos por dia

Há alguns anos o Governo Peruano tomou algumas medidas que limitam o acesso à Machu Picchu. Os ingressos para subir a Huayna Picchu e Montanã, são mais limitados ainda. Então o ideal é não deixar para comprar os ingressos durante a viagem, principalmente na alta temporada.

As disponibilidades de ingresso para acesso são:

  • Machu Picchu: 2.500 pessoas/dia
  • Machu Picchu Vespertino, a partir das 13h: 1.000 pessoas/dia (mais barato)
  • Machu Picchu + Huayna Picchu
    • Grupo 1 (7h as 8h): 200 pessoas/dia.
    • Grupo 2 (10h as 11h): 200 pessoas/dia.
  • Machu Picchu + Montanha
    • Grupo 1 (7h as 8h): 400 pessoas/dia.
    • Grupo 2 (9h as 10h): 400 pessoas/dia.

É possível visitar todos os dias, inclusive domingos e feriados.

Conseguir ingressos disponíveis para Machu Picchu é bem tranquilo, já para quem quer subir a Huayna Picchu, a situação é mais complicada, se você deixar para comprar no dia, pode ser que não consiga.


Passo a passo pra comprar

Há basicamente duas formas de comprar os ingressos:

  • Pelas agências de turismo
  • Pela Internet
  • Ás vezes é possível comprar no Hotel ou com algum “cambista”, um dia antes da viagem (dependendo até no dia), mas não aconselho, a gente costuma planejar pois não consigo nem pensar na possibilidade de pagar trem, hotel e chegar lá e não conseguir entrar no parque e voltar para o Brasil sem ter ido!

Esses são os tipos de ingressos disponíveis:

  • Machu Picchu
    • Apenas para a entrada na cidade Inca. É o ingresso mais comum.
  • Machu Picchu + Huayna Picchu
    • Entrada para a cidade Inca e subida a Huayna Picchu.
      • Grupo 1 (7h as 8h): Deve-se subir obrigatoriamente entre 7 e 8 da manhã.
      • Grupo 2 (10h as 11h): Deve-se subir obrigatoriamente entre 10 e 11 da manhã. (Se você só tem um dia em Machu Picchu, este é o melhor horário, para poder conhecer Machu Picchu mais vazio, pois a maioria das pessoas por volta das 10h vindo de Cusco)
  • Machu Picchu + Montanha
    • Entrada para a cidade Inca e subida à montanha Machu Picchu que é a montanha do lado contrário de Huayna Picchu.
    • Essa é mais longe da cidade Inca e o caminho é mais longo. Interessante para quem já foi a Machu Picchu e já subiu Huayna Picchu.
      • Grupo 1 (7h as 8h): Deve-se subir obrigatoriamente entre 7 e 8 da manhã.
      • Grupo 2 (9h as 10h): Deve-se subir obrigatoriamente entre 9 e 10 da manhã.

Como comprar pelas agências de turismo

Talvez essa seja a forma mais cômoda, porém mais cara, afinal, as agências vivem de comissão. É possível comprar pelas agências do Brasil ou Peru. Nas agências do Brasil costuma ser mais caro, pois algumas compram de outras agências ou operadoras do Peru. Confira o preço pelo site oficial antes de pagar, para avaliar se está justo.


Como comprar direto pela internet

  1. Vá na página oficial clicando aqui.
  2. Clique em Comprar bilhetes.
  3. Selecione a data, a rota pretendida e a quantidade de ingressos.
  4. Escolha a janela de horário de entrada. Note que na parte de baixo do horário mostra a disponibilidade de ingressos para esse dia. Depois é só selecionar a quantidade de ingressos de adultos você deseja comprar.
  5. Clique em Continuar com a reserva
  6. Preencha as informações do visitante. Os ingressos são nominais. Preencha os nomes, sobrenomes (Apellidos), sexo, País de Origem, Idade (Edad), Tipo de documento que utilizará pra entrar no parque e o numero desse documento do lado.
  7. Leia e aceite os termos
  8. Clique em gerar reserva
  9. Atenção aqui! Sugiro que imprima essa reserva, ou salve em pdf.

A próxima tela após clicar em ‘enviar’ é para preenchimento dos dados do cartão. Preencha e clique em ‘Pagar’ para aparecer a tela ao lado:

Atenção: Para entrar no monumento devem apresentar o cartão Visa utilizado na compra do bilhete e uma identificação oficial com fotografia (passaporte ou outro documento de identidade). Se eles não forem apresentados ou não corresponder ao comprador, a entrada não será permitida. Note-se que a utilização fraudulenta de um cartão Visa ou roubo de identidade, constituem atos criminosos e serão denunciados.
Utilize um cartão de crédito que levará durante a viagem, pois será necessário apresentá-lo.


Quero comprar para ano que vem e está dando disponibilidade zero. Por quê?

Se você tentar comprar ingressos para datas muito distantes talvez não seja possível. Eles liberam o ano seguinte conforme encerramento do ano anterior.


Ingressos para Estudantes e Crianças

Crianças até 7 anos não pagam pelo ingresso para Machu Picchu. Se elas têm mais de 7 e menos de 18 anos pagam como estudantes.

Se você é estudante e tem a carteirinha internacional de estudante da ISIC poderá comprar os ingressos para Machu Picchu com desconto.

O ingressos com desconto não podem ser comprados pela Internet, apenas nas agências credenciadas ou no hotel. Para achar as agências credenciadas, entre no site oficial, clica lá em cima na aba Consulta e depois clica lá em baixo no botão Agencias. Destaquei os dois na imagem aqui do lado. É possível consultar os guias credenciados também por ali.

Meu cartão não foi aceito. Não tenho cartão de crédito internacional Visa. Como eu faço?

Há três opções:
1 – Comprar com uma agência (caso queira programar com antecedência),
2 – Comprar quando chegar ao Peru. Em seu hotel ou uma agência será possível comprar o ingresso. Você pode fazer a reserva pela Internet e pagar em algum dos locais abaixo, cuidado com o prazo para pagamento.

  • Agentes Autorizados de Cobrança
  • AATC (Asociación de Agencias de Turismo Cusco) – Endereço: Calle Nueva Baja N° 424 – Horário: Segunda a Sexta das 9 às 17h
  • DirCetur – Endereço: Calle Mantas S/N (a meia quadra da Plaza de Armas) – Horário: Segunda a Sexta das 9 às 20h | Sábado das 9 às 13h
  • IncaRail – Endereço: Portal de Panes N° 105, Plaza de Armas, Cusco – Horário: Segunda a Domingo das 9 às 22h
  • Libreria del Museo de la Casa Garcilazo – Horário: Segunda a Sexta das 8 às 14h
  • Dirección Regional de Cultura de Cusco – Endereço: Av. La Cultura, 238, Cusco – Horário: Segunda a Sexta das 7:15 às 18:30
  • Agências do Banco de La nación – Endereço: Esquina Avenida El Sol e Almagro s/n, Cusco

3- Comprar com o cartão de crédito de outra pessoa

Já ouvi relatos de pessoas que compraram com cartão de crédito de outra pessoa, mas foi preciso levar, junto com o ingresso, a cópia do cartão de crédito, e cópia do documento do titular do cartão.
Então se você não tem cartão de crédito, ou não tem Visa, ou seu cartão não funcionou, pode pedir a alguém para comprar para você. Leve o ingresso impresso, a cópia do cartão da pessoa e uma cópia do documento de identidade dela.


  • Se seu cartão não funcionar de início, entre em contato com seu gerente para saber se é possível habilitar a opção Verified by Visa. Talvez seja preciso uma autorização especial do cartão.
  • Não feche a tela que diz aguardando confirmação, pois a transação pode sumir. Só feche a tela depois que aparecer se a transação foi confirmada (pago exitoso) ou negada (operacion denegada).
  • Se você achar que algo não está igual ao passo a passo mostrado aqui ou alguma tela não está aparecendo, tente realizar a compra com outro navegador como o Internet Explorer.

Depois da confirmação do pagamento, volte para a página principal, clique na aba Check-In lá em cima, preencha o código de Reserva e clique em ‘Buscar’ para aparecer a tela ao lado:


O que levar para entrar em Machu Picchu:

  • Seu passaporte: E ganhe um carimbo de Machu Picchu
  • O documento usado na hora da reserva: Se você usou a carteira de identidade, é preciso levá-la também.
  • O ingresso impresso;
  • O cartão de crédito usado na compra online;
  • Filtro Solar;
  • Capa de chuva.

Tem algo à acrescentar? Escreve pra gente e Boa Viagem!


Outros posts sobre o Peru que podem te ajudar:
:: 10 motivos para conhecer o Peru
:: Peru: Sugestão de Roteiro 11 dias
:: Peru: Levar Dólar ou Real – Troco aqui ou lá?
:: Peru: Onde trocar o dinheiro – Melhores cotações
:: Como comprar ingresso para o Machu Picchu sem intermediários
:: Cusco: Onde ficar – Melhores bairros, regiões e hotéis pra se hospedar
:: Cusco: Quanto custam os passeios aos sítios
:: Como evitar o mal de altitude: Soroche
:: 10 segredos de Machu Picchu que você não sabia

Manaus: Roteiro de 1 dia pela cidade – Duas opções

Pra mim, esse e o roteiro ideal pra quem quer fazer todos os pontos principais da cidade de Manaus.Se você me perguntar o que eu faria se voltasse, é exatamente esse roteiro aqui, de 7 dias – Amazônia: O Roteiro Perfeito de 7 dias Mas aqui falaremos apenas do que fazer na cidade, caso você tenha … Ler mais

Comidas típicas de Manaus – O que comer e beber em Manaus

Manaus é um prato cheio para quem busca boas experiências gastronômicas. Descubra aqui o que comer e beber em Manaus de típico, desde os pratos mais caseirinhos aos doces típicos. Toda gastronomia típica de um destino desempenha um papel importante na cultura do seu povo, e eles nos contam quais são os frutos mais abundantes … Ler mais

Translate »