Machu Picchu Trips

Machu Picchu: Como chegar – Opções de trilhas, trem e Van

[su_wiloke_sc_company_website target=”_blank”]

Não se perca quando visitar a Cidade Perdida dos Incas. Cinco Cantos ajudará você a aproveitar ao máximo seu tempo neste icônico sítio arqueológico inca.

Todos os anos, milhões de pessoas visitam a imponente e misteriosa cidadela inca de Machu Picchu, no Peru. Mas chegar aos enormes terraços agrícolas, às intricadas construções de pedra e às vistas épicas das colinas deste local considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO não é barato, e envolve uma logística mais complicada do que o habitual. Veja como chegar ao destino mais famoso do Peru.

Como chegar de Cusco à Águas Calientes

Antes de saber como, preciso te situar que Machu Picchu é apenas o nome do complexo – Que foi adotado do nome da montanha, pois até hoje não sabem como se chamava o complexo realmente. Pra você chegar no famoso MP, você terá que se dirigir à pequena cidade de Águas Calientes, também conhecida como Machu Picchu Pueblo, que serve de base pra todos que querem visitar o complexo.. Então recapitulando: Águas Calientes é a cidade que abriga MP e o MP fica mais elevado ainda.

   

Então primeiro vamos pontuar como você chega de Cusco à Águas Calientes e depois de Águas Calientes para MP.

Há 3 opções para chegar de Cusco à Águas Calientes: Trem, Trilha Inka e Van.

:: TREM: É a forma mais rápida e confortável, porém, a mais cara também. É uma viagem cênica de 3,5 horas por trilhos que correm ao longo do rio Urubamba, no Vale Sagrado, com dramáticas paredes de cânion em ambos os lados. As duas empresas mais em conta que fazem o trajeto são a Peru Rail e Inca Rail. A IncaRail costuma ser mais barata, mas o preço será influenciado pela época do ano, horário, dia e classe do trem. É possível conferir os valores e horários pelos sites. A estação em Águas Calientes fica no centro do vilarejo e será bem comodo encontrar seu hotel.

Dicas extras:

  • A chamada estação de trem de Cusco fica na cidade vizinha de Poroy. É um deslocamento de táxi barato, mas dê pelo menos uma hora para ir do centro de Cusco até a estação de trem. O tráfego em Cusco pode ser brutal e o (aparentemente) interminável trabalho rodoviário torna as coisas ainda mais congestionadas.
  • Existem três empresas de trem para escolher: Peru Rail, Inca Rail e o trem Belmond Hiram Bingham. O Hiram Bingham é de luxo. Um trem lindo brilhando em latão e madeira polida e inclui uma refeição com toalha de mesa branca com vinho durante sua jornada. Também é muito mais caro do que o Inca Rail ou o Peru Rail, ambos oferecem passagem confortável em diferentes tipos de trens – incluindo aqueles projetados com janelas extras por uma taxa adicional.
  • Qualquer que seja o trem que você escolher, reserve com a maior antecedência possível. Os ingressos esgotam em alguns meses antes da data.
  • Se bilhetes de trem de Cusco estão esgotados, nem tudo está perdido. Tente comprar um bilhete para Aguas Calientes que parte da cidade de Ollantaytambo, no Vale Sagrado, ou vice-versa. Táxis e mini-vans entre Ollantaytambo e Cusco (pouco mais de uma hora em cada sentido) são abundantes. Se você tiver tempo, planeje uma noite em Ollantaytambo para conferir a cidade, que ainda possui muitas ruas e prédios construídos pelos incas, bem como o sítio arqueológico de mesmo nome. Chegue o mais cedo possível ao local para aproveitar a luz do amanhecer e vencer os ônibus de turismo.
  • Se você ficar em Ollantaytambo, o Hotel Aranwa é altamente recomendado. Não é luxuoso, mas o hotel mais charmoso de Ollantaytambo é o El Albergue. Localizado à direita na estação de trem, este pequeno B&B tem terraços incas na propriedade. Os atuais proprietários ainda cultivam os terraços como parte de sua horta orgânica.
:: TRILHA INKA: Outras maneira de ir de Cusco a Machu Picchu é caminhar como parte de uma excursão de vários dias. Milhares de pessoas caminham até Machu Picchu todos os anos. Alguns afirmam ser a forma mais Roots e tradicional de chegar até Machu Picchu. A maneira mais famosa de caminhar até Machu Picchu é ao longo de uma seção de uma das centenas de estradas incas construídas à medida que o império se expandia. Dezenas de operadores turísticos oferecem caminhadas na Trilha Inca para Machu Picchu, com diferentes durações e níveis de conforto (embora todos requeiram acampamento). A trilha mais tradicional dura 4 dias e 3 noites. Note que a Trilha Inca que leva a Machu Picchu está fechada durante todo o mês de fevereiro de cada ano.
Dicas extras:
  • Para aqueles que queriam ter uma experiência mais exclusiva, ou que querem ver e experimentar outros aspectos do Peru a caminho de Machu Picchu, há diversas alternativas para caminhadas: a segunda forma mais popular de caminhar até Machu Picchu é por Salkantay Mountain, um dos picos mais imponentes dos Andes peruanos em 20.569 pés. Muitas empresas de turismo oferecem Salkantay Treks, mas a Apus Peru, uma empresa de turismo estabelecida e bem conceituada em Cusco, com foco no turismo sustentável e responsável, oferece o Expresso Salkantay Trek, que tira um dia de folga do roteiro normal.
  • A Lares Adventure de Mountain Lodges of Peru oferece uma ótima combinação de caminhadas andinas e encontros culturais dentro das comunidades quéchuas antes de chegar a Águas Calientes para explorar a cidadela. Outras empresas de turismo oferecem passeios pela região de Lares, mas apenas este itinerário inclui acomodações de luxo em suas próprias lojas e serviço completo ao longo do caminho.
  • O Inca Jungle Tour (também conhecido como Tropical Inca Trail) combina caminhadas, ciclismo, rafting e tirolesa no seu caminho para Machu Picchu.
:: VAN DA HIDRELÉTRICA: Essa é a forma mais barata de chegar até Machu Picchu. Nessa modalidade você sairá de Cusco de Van até a Hidrelétrica, uma viagem que durará de 6h à 7h com bastante curvas, descidas e subidas (leve remédio pra enjoo). Certifique-se de viajam com uma empresa responsável, pois o trajeto é bem perigoso e os motoristas não costumam dirigir com cautela. Chegando na hidrelétrica, você terá que fazer uma trilha de mais ou menos 3h até Águas Calientes, sendo umas 2h pelos trilhos do trem e mais uma por uma subidinha no meio do mato. O caminho é feito ao lado do trilho do trem e do rio, não tem erro, siga o povo, os trilhos e o rio. Essa Van você pode contratar com alguma agência em Cusco, o valor varia de 70 a 100 soles. Tente a agência SAP  na rua Choquechaca 115.
Nesse mapinha aqui que peguei da agência Viajes Peru mostra os dois trajetos, caminho Inka e Trem, assim você consegue compara-los:

Como chegar de Águas Calientes à Machu Picchu

Já estando em Águas Calientes, você terá duas opções pra chegar em Machu Picchu: Ônibus ou Trilha.
:: Trilha: Desaconselho, a menos que você esteja indo com objetivo maior de fazer a trilha do que conhecer MP. É uma subida completamente íngreme, de aproximadamente 1.700 degraus, e em bom condicionamento físico, pode durar de 1h30 a 2h de subida. Eu desaconselho pois acredito que você vai chegar morto lá em MP e vai acabar não curtindo muito. Se você quer viver essa experiência, faça o inverso, apenas desça.

:: Ônibus: Essa é a opção mais confortável e rápida. Em 20min você chega na entrada do sítio e custa uns US$ 12 cada trecho. Chegue cedo (umas 5h da manhã) pois a fila é grande, porém não é demorada. O guichê fica ao lado do inicio a fila, na calçada, do lado do rio, umas cabinezinhas verdes, será fácil encontrar.

   

Dicas Extras

  • Bilhetes de entrada: Se você estiver viajando de forma independente, poderá comprar ingressos individuais para Machu Picchu no site oficial, em bilheterias oficiais em Cusco e um escritório em Aguas Calientes, onde os ingressos podem ser comprados pessoalmente no dia anterior à sua entrada, se não estiver esgotado. Clique aqui pra ver o passo a passo pra comprar online.
  • Trazer: Água e uma capa de chuva, mesmo que pareça um lindo dia de sol. E falando em sol, lembre-se que a camada de ozônio sobre o Peru está comprometida. Isso, combinado com a altitude, torna o sol extremamente forte aqui, então use um chapéu e use bastante protetor solar de alto FPS. Traga repelente de insetos também. E mantenha um guarda moedas no seu bolso. Você precisará deles para acessar o banheiro solitário na entrada do local. Para usar o banheiro ou pegar comida, você terá que sair dos portões, então traga seu passaporte e pendure no seu bilhete. Você precisará mostrar ambos para entrar novamente na cidadela.
  • Não traga: Drones, guarda-chuvas, bengalas ou bastões de trekking, já que são todos proibidos em Machu Picchu. Viajantes que precisam de paus ou bastões para mobilidade podem trazê-los, mas apenas com pontas de borracha protetora nas extremidades.
  • Não perca: Do lado de fora dos portões de entrada, há uma estação mal marcada onde você pode obter o carimbo de Machu Picchu em seu passaporte.
  • Ônibus: Você pode caminhar até a cidadela de Águas Calientes (pelo menos 90 minutos) ou você pode fazer uma viagem de ônibus de 20 minutos. Os ônibus operam a cada 15 minutos, começando às 5h30 (viagem de ida-e-volta com taxa de US $ 24 para adulto, ida e volta para crianças de US $ 12), e as pessoas começam a se alinhar bem antes disso. Filas para embarcar serão longas em ambas as direções.
  • Abandone as multidões: quando você chegar à cidadela pela manhã, saia da multidão correndo em direção às estruturas principais e siga para a Casa da Guarda. Esta é uma área ligeiramente acima da parte principal do sitio e geralmente é menos lotada até lá como as pessoas correm para o coração do lugar. Faça uma pausa aqui para apreciar a bela visão geral da cidadela e se orientar.
  • Huayna Picchu peak: Você precisará de um ingresso separado para escalar este pico no local, e precisa reservar com antecedência – há um número limitado de ingressos. A vista para baixo nas ruínas incas é um ponto alto para muitos, mas esteja ciente de que algumas seções desta trilha são muito estreitas e íngremes. Você terá a opção de iniciar a subida às 7h ou às 10h. Ir às 10h; há uma chance melhor que as nuvens tenham levantado até então (48 soles / $ 15 por pessoa).
  • Pico de Machu Picchu: Isso também requer um bilhete separado – e bons joelhos. A trilha é quase inteiramente de escadas. Você terá a opção de iniciar a subida às 7h ou 9h (48 soles / US $ 15 por pessoa).
  • Caminhadas gratuitas na cidadela: Embora Huayna Picchu e Machu Picchu ambos exigem ingressos adicionais, qualquer um pode caminhar até o Portão do Sol (cerca de duas horas de ida e volta ao longo de uma trilha relativamente suave com algumas escadas) para vistas fantásticas do lugar. Você também pode fazer a curta caminhada até a Ponte Inca (menos de uma hora de viagem de ida e volta ao longo de uma trilha quase plana) para verificar uma seção precária da trilha, agora fechada, que os Incas construíram ao longo de uma face rochosa.
  • Guias: Machu Picchu certamente pode ser visto com apenas um guia detalhado. Mas não subestime o que um bom guia pode acrescentar: perspectiva local, assim como toda a informação histórica, arquitetônica e biológica que você esperaria. Se você não estiver em uma visita organizada com seu próprio guia, pode reservar um guia na cidade ou encontrar um na entrada do local.
  • Hospede-se para o almoço: há um café e bar descontraído com um belo deck do lado de fora dos portões de entrada, mas o buffet de almoço do Sanctuary Lodge é sua única opção de restaurante. É muito bom, e caro (US$ 40 por pessoa).
  • Se você sonha em conhecer Machu Picchu mas não ouviu falar de Cusco, fica o alerta: Não pule Cusco. Seus edifícios pré-colombianos deram a esta cidade o status de Patrimônio Mundial da UNESCO, e suas ruas de paralelepípedos, grandes hotéis, museus, sítios arqueológicos próximos e ambiente descontraído valem a pena passar pelo menos alguns dias aqui.
  • Viajantes interessados ​​em arqueologia devem considerar o Passeio Choquequirao como uma extensão de Machu Picchu. Este itinerário inclui caminhadas espetaculares (mas muito difíceis) no íngreme cânion Apurimac e exploração do sítio arqueológico de Choquequirao antes de chegar a Aguas Calientes e depois explorar Machu Picchu.

Ingrid5Cantos

Olá! Meu nome é Ingrid e sou apaixonada por viagens! O 5Cantos é um projeto de realização pessoal, não vivemos dele. Sou engenheira e trabalho como todo mundo, mas nas madrugadas escrevo umas dicas aqui. Queremos ajudar pessoas normais, como nós, a viajar sempre mais, otimizando o tempo e dinheiro. Viajar é possível, cola comigo!

LEAVE A COMMENT


 Hotéis: Reserve online com o Booking :: Reserve com Hotéis.com :: Clique aqui pra receber R$40 de bônus após a sua próxima reserva pelo Booking, clique e salve pra depois. :: Clique aqui pra ganhar um cupom de R$130 no Airbnb para sua primeira aventura :: Nas próximas férias, alugue uma casa no Alugue Temporada
 Câmbio: Melhor cotação do Rio de Janeiro, compra online simplificada. Use cupom de desconto '5cantos' na DG Cambio
 Ingresso antecipado: Fuja das filas e não perca tempo comprando seus ingressos antecipadamente pela Tiqets
 Transporte: Compare valor de aluguel de carro em todas as agências ao mesmo tempo pela RentalCars ou clicando aqui pela RentCars :: Cupom de desconto de R$10 para sua primeira viagem de Uber :: Cupom de desconto de R$15 na primeira viagem de Cabify
 Passagens aéreas: Submarino Viagens - A melhor comparadora online :: Latam Airlines com desconto