Morar em Portugal: Como descobrir equivalência de remédios

Como descobrir equivalência de remédios portugal
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Veja o índice desse artigo

Se você está pensando em morar em Portugal ou outro país e bateu aquela dúvida do que fazer com os remédios, principalmente os de uso contínuo?

Já existe solução.

Você vai entrar no site do Índice – Toda Saúde clicando aqui e na aba medicamentos há a sessão de equivalências internacionais (Clicando pelo link aí já vai direto)

Daí é só preencher:

  • País de Origem do Medicamento: Coloca Brasil, ou o país que você está acostumado a comprar esse remédio.
  • O país onde você quer descobrir o equivalente.
  • Nome Comercial/ DCI: Pode colocar o nome do remédio mesmo, não precisa ser o nome genérico, pois ele vai te mostrar todas as equivalências.

Basta clicar em procurar, que aparecerá a lista das equivalências. Você pode clicar pra ver valor médio de cada um e depois disso pode usar o nome pra procurar nos sites das farmácias locais pra já ter uma estimativa de preço.

Se você busca mais informações sobre morar em Portugal, clica aqui pra ver todas as dicas como ‘Primeiros passos ao chegar em Portugal‘; ‘Perguntas frequentes de quem quer morar sobre PB4, NIF, NISS; ‘Links úteis pra quem quer morar‘; e outros.

Espero ter ajudado, podem deixar comentários que eu respondo todos =*

Sobre mim

Olá, meu nome é Ingrid.
Sou Engenheira, Foodie e Escritora de viagem :)

Tenho uma curiosidade infinita pelas diferentes formas de viver, culturas, tradições e sabores.

Já passei por mais de 30 países e hoje sou nômade digital, trabalho de qualquer lugar do mundo, mas escolhi o Porto como lar.

Conecta-te comigo
Planeje sua Viagem
Descubra os buscadores que usamos para pagar mais barato e viajar mais
Grátis

Autor desse artigo:

Compartilhe esse artigo com seus amigos
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Que tal um 'até logo'?
Receba nossas dicas por email