Chiang Mai e Chiang Rai Hotel Tips Trips

Chiang Mai: Guia de Bairros e regiões

[su_wiloke_sc_company_website target=”_blank”]
Se você planeja uma viagem pra Tailândia, provavelmente Chiang Mai entrou no seu roteiro, seja pra visitar a tribo de mulheres girafas, um santuário de elefantes, templos ou fazer um bate volta em Chiang Rai.Chiang Mai é dividida nas seguintes grandes áreas:

  • Chang Phueak
  • Chang Khlan
  • Centro Histórico (Old City)
  • Chang Moi
  • Wat Ket
  • Nimmanhaemin

Há ainda sub áreas, que são mais específicas, algumas até dentro dessas maiores:

  • Sunday Walking Street: Maior parte dentro da Old City
  • Hai ya: Abrange toda região Sul à Old City, onde está o espaço entre ela e Chang Khlan.
  • Saturday Walking Street: Fica entre Old City e Chang Khlan, um pouco mais restrito que Hai Ya, naquela bem centralizado onde está escrito ‘Art in’…Paradise, e não faz fronteira total com as outras áreas.
  • Thapae: Fica na extremidade norte da região de Chang Khlan, bem nas redondezas da Old City.
  • Night Bazaar: Um pouco mais a leste que Thapae, fazendo fronteira com o Ping River, ficando dentro da região de Chang Khlan, porém, antes de Wat Ket.

Chiang Mai significa Cidade Nova, e ela é a maior cidade do norte da Tailândia. Considerada capital espiritual do País, por possuir mais de 300 templos. Ao decidir sobre onde ficar em Chiang Mai, tenha em mente que esse também é o nome da província que engloba várias cidades ao redor, uma espécie de região metropolitana. Essa grande Chiang Mai tem 1,6 milhão de habitantes. Por isso, a primeira regra na hora de escolher seu hotel é saber se ele fica mesmo na cidade de Chiang Mai, não numa cidade próxima, dentro da província de Chiang Mai. Para não errar, procure o Centro Histórico.

Chiang Mai é o nome da província inteira, que possui 22 distritos e a capital também se chama Chiang Mai. Vale lembrar disso e comparar com nosso mapinha antes de fechar a hospedagem, pois se você buscar apenas por Chiang Mai, você pode se hospedar em qualquer área da região metropolitana.

A cidade foi fundada em 1296 para ser a nova capital do reino Lanna, por isso era cercada de muralhas, para manter protegida contra os vizinhos Birmanses. Chiang Mai já se expandiu muito além de seus antigos muros, mas os pontos mais importantes ainda se encontram na Old City, cercada pelas antigas muralhas.

Agora que você já conseguiu se localizar em cada região, podemos falar um pouco de onde é melhor ficar. Para os passeios da cidade vai valer escolher bem a localização da sua hospedagem pra não gastar muito de transporte, mas para passeios como o Wat Phrathat Doi Suthep (Templo da Montanha), a vila Baan Tong Luang Eco (Mulheres Girafa), e o Patara Elephant Farm você vai ter que pegar transporte independente de onde esteja, então não fará muita diferença a localização.

:: Old City

Os vestígios do passado abundam no centro histórico. Os resquícios das muralhas medievais incluem portões grandiosos. Os templos estão em todo lugar, exalando incenso nas ruas, e em seu interior, estupas e estátuas remetem aos dias de glória do Reino de Lanna. Pare para uma refeição tradicional no Huen Phen, antes de voltar para o século XXI na casa noturna Zoe in Yellow.

Sem dúvida, essa é a área mais concorrida, a cidade murada. É onde tem mais vida, mais restaurantes, lojas, serviços e pontos turísticos como o Sunday Market, Night Bazar e templos. Dito isso, é aqui que aconselhamos que você primeiro procure sua hospedagem, pra facilitar seu deslocamento. Parece uma área pequena, mas não é, então é possível fazer tudo à pé, mas não aguarde moleza. Se você não for fã da caminhada, é possível alugar uma bicicleta ou pegar taxis (Red Car ou Grab – pelo aplicativo). A vantagem de ficar por aqui é a possibilidade de voltar no hotel pra descansar ou tomar um banho no meio de dia, se bater aquele cansaço.

Mesmo estando dentro da muralha, há localizações mais indicadas como próximo a Ratchapakhinai Road ou a Rachadamnoen Road, onde acontece a feira de domingo da cidade antiga. Hospedagens próximas ao portão Tha Phae também estão em ótima localização. – Veja opções de hospedagem na Old City.

:: Night Bazaar

A segunda melhor localização na opinião dos viajante, alguns a consideram até melhor que a Old City, então não fique acanhado de reservar por aqui. O Night Market é uma das atrações imperdíveis de Chiang Mai, onde é possível achar comidas típicas, lembrancinhas e várias coisas, super frequentado por turistas, que pode fazer os preços serem um pouco mais elevados que os demais locais de venda. Vale citar que os melhores hotéis do município ficam nessa região, além de bares, restaurantes e proximidade do rio Ping. O Night Bazaar acontece todas as noites ao longo da Chang Khlan Road, com o ponto central no cruzamento com a Loi Kroh Road. – Veja opções de hotéis no Night Market

:: Thapae

Thapae acompanha a antiga avenida até a cidade. Em um passado distante, carroças de bois atravessavam esta via, enquanto as espessas muralhas de Chiang Mai eram erguidas. Siga este caminho por onde muitos caminharam e pare no templo Wat Bupparam, cujas arestas malucas reluzem de dourado e laranja. Depois, mergulhe nos chás medicinais do Slamong Osot.

   

Entre a Old City e o Night Bazaar, essa região é mais moderna, com lojas e restaurantes. Se quiser ficar por aqui, procure os hotéis da Thapae Road ou perpendiculares, assim você estará em uma das ruas mais movimentadas da cidade, que liga o portão principal da Old City à ponte sobre o Rio Ping. – Veja opções de hotéis próximos a Thapae Road

:: Hai ya

Fica em uma área não tão turística e a Wualai Road é a avenida principal, onde aos sábados acontece um mercado noturno. Busque hospedagem próxima a esta rua ou nas perpendiculares à ela. – Veja outras opções de hospedagem em Hai Ya

:: Chiang Moi

Compras, compras! Chiang Moi é o paraíso dos mercados. Os moradores locais sondam o Mercado Warorot, um labirinto maluco de 4 andares de barracas, e os aficionados por flores montam seus buquês no Mercado Ton Lamyai. A loja Kasem é uma das favoritas – este estabelecimento de gerência familiar vende waffles, muffins e artigos ocidentais raros há mais de meio século.

Nas redondezas da Old City, é possível encontrar boas opções estando ainda próximo do burburinho. Você pode gastar um pouco mais com transporte, mas vai gastar um pouco menos com hospedagem. Alguns hotéis oferecem transporte gratuito até o centro ou próximo, alguns até emprestam bicicletas, então a troca pode valer a pena. – Veja opções de hospedagem em Chiang Moi.

:: Nimmanhaemin

Gente descolada passeia em “Nimman”. Este bairro badalado é um hit entre os hipsters, impassíveis mexendo em seus iPads no 9th Street Café ou tomando uma cerveja diferente na House of Beers. Já quem aprecia um bom cafezinho deve procurar o Ristr8to, que oferece iguarias feitas de café. Quando cai a noite, o Warm Up Café é para onde os jovens vão para curtir.

Chamado pelos locais de Nimman, é uma região mais barata, mas você não terá o rio por perto, então não é tão agradável quanto as outras. Não espere encontrar muitos pontos turísticos por perto, mas a Universidade de Chiang Mai fica por ali. A Nimmanhaemin Road é uma rua comercial, no noroeste de Chiang Mai, uma das ruas mais importantes da cidade onde há bares, restaurantes e vida noturna devido sua proximidade à universidade. Indicado pra quem quer curtir a noite em uma área mais jovem e ver o dia a dia da cidade de fato. – Veja opções de hospedagem na Nimmanhaemin  Road

:: Chang Khlan

Que loucura! Nas ruas de Chang Khlan há o zunido das motocicletas o dia todo, e turistas percorrem fileiras de Budas sentados no Wat Chai Mongkoi. Vá até o Art in Paradise para levar fotos bacanas de viagem – as pinturas distorcidas deste museu de ilusão de ótica colocam você em várias cenas engraçadas. Termine o dia com um banquete de frutos do mar no Mercado de Anusarn.

:: Chang Phueak

Vamos malhar! Este bairro residencial é famoso entre os moradores que gostam de se exercitar. O campo de golfe de Lanna é um espetáculo esportivo de 27 buracos, quadras de tênis e uma piscina para quem não joga golfe. Junte-se à turma da corrida no Estádio 700 Years ou exercite sua respiração no Wat Jed Yot, um dos templos mais subestimados de Chiang Mai.

:: Wat Ket

A vida no rio: Wat Ket segue o curso do Rio Ping na direção sul. A melhor forma de conhecer a área é de barco. Embarque em um passeio no píer de War Sri Khong e habitue-se ao balanço das águas com um “salapao” (bolinho cozido no vapor) da Wikun Panich. Mais tarde, encerre o dia com um jantar ao pôr do sol no restaurante Good View, com uma vista mais que linda do rio.

   

Ingrid5Cantos

Olá! Meu nome é Ingrid e sou apaixonada por viagens! O 5Cantos é um projeto de realização pessoal, não vivemos dele. Sou engenheira e trabalho como todo mundo, mas nas madrugadas escrevo umas dicas aqui. Queremos ajudar pessoas normais, como nós, a viajar sempre mais, otimizando o tempo e dinheiro. Viajar é possível, cola comigo!

LEAVE A COMMENT


 Hotéis: Reserve online com o Booking :: Reserve com Hotéis.com :: Clique aqui pra receber R$40 de bônus após a sua próxima reserva pelo Booking, clique e salve pra depois. :: Clique aqui pra ganhar um cupom de R$130 no Airbnb para sua primeira aventura :: Nas próximas férias, alugue uma casa no Alugue Temporada
 Câmbio: Melhor cotação do Rio de Janeiro, compra online simplificada. Use cupom de desconto '5cantos' na DG Cambio
 Ingresso antecipado: Fuja das filas e não perca tempo comprando seus ingressos antecipadamente pela Tiqets
 Transporte: Compare valor de aluguel de carro em todas as agências ao mesmo tempo pela RentalCars ou clicando aqui pela RentCars :: Cupom de desconto de R$10 para sua primeira viagem de Uber :: Cupom de desconto de R$15 na primeira viagem de Cabify
 Passagens aéreas: Submarino Viagens - A melhor comparadora online :: Latam Airlines com desconto