10 Atividades imperdíveis em Vinícolas de Vinho Verde

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest
Veja o índice desse artigo
10 Atividades imperdíveis em Vinícolas de Vinho Verde

A Região dos Vinhos Verdes é abriga privilegiadamente uma fauna e flora incrível, rios mundialmente famosos e uma gastronomia de não botar defeito.

Quem já leu nosso artigo falando sobre o que é o Vinho Verde, já sabe que ele é produzido na maior Região Demarcada Portuguesa, e uma das maiores da Europa em termos de área geográfica, representando 15% da área vitícola nacional.

Aguarde uma paisagem de vales dos principais rios, alta pluviosidade, temperatura amena, baixa amplitude térmica e solo bem granítico e xistoso.

Agora que já foi ambientado com a região, que tal escolher algumas experiências memoráveis pra fazer por lá?

Segue nossa lista de 10 atividades diferentes para fazer nas vinícolas de Vinho Verde.


Plantando uma videira da Quinta de Santa Cristina

1. Plantar uma videira em uma vinícola

Se seu objetivo é realizar uma experiência que seja de alguma forma duradoura, salva essa indicação.

Na Quinta de Santa Cristina é possível plantar uma videira para chamar de sua – sua mesmo, vai junto uma plaquinha com seu nome e mensagem para a posteridade. Não à toa, a Quinta ganhou em 2017 um prémio na categoria de Experiências Inovadoras em Enoturismo.

Essa é uma experiência que pode agradar de crianças à crescidos, pois é uma atividade que te colocará em contacto com a terra ao plantar uma videira no meio de uma vinícola de verdade, qua dali há uns quatro anos produzirá uvas que servirão para produzir vinhos que podem ser consumidos por você mesmo.

Além da possibilidade de saber que sua videira produzirá vinhos, poderá visita-la sempre que quiser acompanhar o seu crescimento e quem sabe bater um papo com ela pra ver se cresce mais feliz (por experiência própria, funciona mesmo!).

A experiência inclui uma visita guiada às vinhas e adega, a plantação da videira e a prova de 3 vinhos Quinta de Santa Cristina harmonizada com tábua regional.

  • Custo: 25€
  • Duração: Aprox. 2h
  • Realizam a experiência para grupos de 2 a 16 pessoas

Veja no site da Quinta os valores atualizados para essa experiência e também para outras como 4×4 Wine Tour, Rafting / Canyoning Wine Tour, Prova de Sumos para Crianças e as mais tradicionais provas de vinho e harmonizações.

Veja também a loja Online da Quinta de Santa Cristina, uma boa prévia do que vais encontrar na loja física.

Infraestruturas e Serviços

  • Loja
  • Parque automóvel
  • Parque autocarros
  • WiFi
  • Adaptado para deficientes

2. Degustar aguardente direto da barrica

A Quinta da Aveleda inovou no Enoturismo e lançou uma experiência pensada nos amantes de aguardente: A Degustação de aguardente direto da barrica da Adega Velha.

É uma oportunidade de mergulhar no universo da aguardente, especialmente na elaborada na região dos vinhos verdes.

A desgustação é combinada com uma visita aos jardins e vinhas da Quinta da Aveleda, passando pela Adega Velha, que abriga barris de envelhecimento de aguardente de onde serão retiradas suas provas.

São degustadas na sala de provas 4 aguardentes, de diferentes idades e perfis, sendo harmonizadas com queijos e outros produtos Aveleda.

A passagem final pela loja Aveleda fecha o programa, onde é possível adquirir mais produtos na Quinta para extender a experiência até sua casa.

Infraestruturas e Serviços

  • Loja disponível
  • Parque automóvel
  • Parque autocarros
  • WiFi

3. Conhecer uma Quinta Biológica

Dentro de um pequeno vale onde as construções de granito foram quase que completamente camufladas por folhas verdes está a Quinta da Covela, que foi adquirida em 2011 pela dupla Lima & Smith depois de dois anos votada ao abandono.

A Quinta de Covelo possui uma história no mínimo interessante, que se cruza com o cineasta português Manoel de Oliveira, mas também com um Brasileiro e um Jornalista Inglês que já morou em Lisboa, São Paulo e atualmente chama a aldeia São Tomé de Covelas, em Baião, de lar.

A vinha já era explorada de modo biológico, mas só em 2018 conseguiram a certificação. Os processos de agricultura biológica se estendem a tudo que produzem, desde as vinhas até os pomares e hortas.

Mas o que significa na prática?

Significa que você não encontrará herbicidas e pesticidas químicos de síntese. Eles utilizam formas naturais de proteger de pragas e fungos, e também de fornecer nutrientes, aumentando a biodiversidade do ecossistema da vinha.

Alguns outros frutos produzidos de forma biológica:

  • FLOR DE CASTANHEIRA: Ao invés da utilização de estabilizantes químicos de síntese (sulfitos), usam flores de castanheiro no COVELA Avesso Natur. Essas flores são muito ricas em propriedades antioxidantes, fungicidas e anti-bacterianas, daí substituírem os sulfitos. As flores provêm de castanheiros da Quinta, que são colhidas à mão e preparadas pelas equipas de viticultura e enologia da COVELA.
  • CEREJEIRAS: Cultivar cerejeira de forma biológica exige uma atenção especial e técnicas de maneio específicas. As cerejas contêm proteínas, cálcio, ferro e vitaminas A, B, e C, têm propriedades refrescantes, diuréticas e laxativas. Além de serem consumidas frescas, podem também ser utilizadas em tartes, compotas e licores.
  • LIMÕES: Na altura da floração os aromas das flores espalham-se por toda a Quinta. Quando realizar a visita irá encontrá-los e poderá colher alguns.

Há outros pontos de interesse pela Quinta como:

  • A carcaça do antigo solar do século XVI – onde ainda é possível fazer eventos privativos.
  • A igreja em ruínas – sendo possuidora de engraçadas histórias e relatos.
  • A Villa Covela: Uma casa fantástica com uma vista privilegiada para o Douro, que pode ser alugada para uns dias de descanso e conexão com a natureza. Todo os pormenores foram pensados, para que a estadia, em família ou com amigos, reúna conforto, funcionalidade e sobretudo bons momentos para mais tarde recordar.

A visita, normalmente, inclui um passeio pela vinha e pelos principais pontos de interesse da Quinta de Covela (sujeito às condições climatéricas). De seguida, é feita uma prova de vinhos.

As visitas e provas na Quinta de Covela são feitas exclusivamente através de marcação previa. Deverá proceder à sua reserva AQUI ou pelo e-mail [email protected] ou através do 912 831152 ou 913 065 691.

A visita poderá ser conduzida por Tony Smith, um dos socios da Lima & Smith e antigo jornalista.

  • PROVA SELECÇÃO (4 vinhos) – 25€ por pessoa
  • PROVA RESERVA (5 vinhos) – 30€ por pessoa
  • Duração: Aprox. 2h
  • Realizam a experiência para grupos de 2 a 16 pessoas

4. Fazer uma prova de infusões

Para aqueles que querem visitar uma vinícola mas que por algum motivo não desejem fazer uma degustação de vinho que normalmente é incluída em todas os pacotes de visitação, há a opção de visitar a Quinta de Soalheiro e fazer uma degustação de infusões.

O Soalheiro está ligado, há mais de 40 anos, à produção de vinho Alvarinho sempre com o foco na biodiversidade e na sustentabilidade ambiental.

Esta região tem uma grande tradição de simplicidade no consumo, privilegiando infusões de ervas espontâneas muito saborosas e saudáveis.

Toda a plantação é realizada em agricultura biológica e a convergência entre o terroir do vinho e das ervas aromáticas é uma aposta pioneira na região que levou-os a descobrir excelentes ligações entre eles.

A visita com prova de infusões inclui a visita em toda quinta, visita às estufas das aromáticas, prova de três infusões Soalheiro, harmonização com produtos locais como queijo queijeira Prados de Melgaço, compota da Quinta de Folga e Mel do Zé.

  • Visita à horta biológica
  • De 15,00 €
  • Duração: 1h 30 min
  • Mínimo 2 pessoas

Infraestruturas

  • Parque automóvel
  • Parque autocarros
  • WiFi

5. Conhecer uma planta fabril de vinícola

A Quinta de Santa Cristina conta com cerca de 50 hectares, entre as vinhas e florestas. Todas as experiências oferecidas incluem uma visita às vinhas, ao Jardim das camélias, à Capela de Santa Cristina, aos Pomares de fruta, e é claro, à Adega!

Após atravessar um portal que remete a uma pipa de vinho, será possível conhecer a Adega que foi construída do zero em 2012, o que lhes permitiu já prever todas as tecnologias, espaçamentos e modernidades disponíveis. Foi prevista uma capacidade de produção de 1 milhão de litros, e atualmente são produzidos cerca de 500 mil litros entre vinhos e espumantes brancos, tintos e rosés.

A visita é um prato cheio para os interessados em funcionamento fabril, mesmo ainda envolvendo muitas etapas manuais por escolha da empresa para garantir o cuidado merecido com o produto final.

A produção começa pela escolha criteriosa dos melhores cachos e o transporte em caixas de 20 kg em 20 kg.

Para a produção do vinho tinto, eles recorrem ao processo tradicional de pisa a pé em lagar de granito, mas no restante dos vinhos (branco, rosé e espumante) é utilizado um processo inovador: uma prensagem suave com prensa pneumática e fermentação com temperaturas controladas.

Você conhecerá a zona de receção de uvas, zona de prensas/lagares, zona de cubas e fermentação, terminando na zona de engarrafamento.

Nem sempre será possível ver a fábrica em funcionamento, mas mesmo com as máquinas paradas é possível entender o processo de envasamento e rotulagem, além de caminhar por cima de todos os imensos fermentadores de inox.

Vista do terraço da Adega Quinta de Santa Cristina

Um bônus da visita à fábrica é o terraço que surpreende com uma vista com imensos tons de verde para a serra do Marão.

A visita clássica custa 15€ e inclui a visita guiada às vinhas e adega e prova de 3 vinhos Quinta de Santa Cristina harmonizada com tábua regional.

  • Custo: 15€
  • Duração: Aprox. 1h30
  • Realizam a experiência para grupos de 2 a 16 pessoas

Veja no site da Quinta de Santa Cristina todos os pacotes que incluem visita à Adega.

Infraestruturas e Serviços

  • Loja Disponível
  • Parque automóvel
  • Parque autocarros
  • WiFi
  • Adaptado para deficientes

Oficina de pão na Quinta da Aveleda

6. Fazer uma oficina de pão de chouriço em forno à lenha

Na Quinta da Aveleda é possível realizar a experiência de produzir pães de chouriço tradicionais em forno à lenha.

As oficinas de Pão acontecem na cozinha velha da quinta, onde sentimos que o tempo parou desde finais do século XIX.

As paredes são repletas de estantes com louças que quase nos contam suas histórias através das rachaduras e marcas de uso.

As oficinas são guiadas pelas experientes cozinheiras da propriedade, que te ensinam como abrir a massa, rechear, moldar o pão e realizar os cortes corretos para que fiquem iguais aos tradicionalmente produzidos nas aldeias.

É uma atividade que agrada especialmente aos miúdos, pois traz uma experiencia sensorial e de materialização do alimento que será consumido ao final da visita.

Infraestruturas e Serviços

  • Loja disponível
  • Parque automóvel
  • Parque autocarros
  • WiFi

7. Fazer uma degustação de azeite ou um almoço regional

Além de uma visita para prova de vinhos, a Quinta de Covela também oferece visitas combinadas com refeições para harmonização de seus vinhos.

O Almoço regional na Quinta de Covela é oferecido para grupos de no mínimo quatro pessoas, custando 30€ por pessoa. O almoço é servido com o que há de melhor da época, garantindo que a materia prima será sempre fresca e preparada pelas mãos de sua equipe que é nativa da vila e sabe bem como preparar uma refeição saborosa e típica.

Há opção de harmonização apenas com Tábua de queijos e enchidos, que com a visita combinada custa 30€ para duas pessoas.

Mas a mais distinta das demais vinícolas é a visita combinada com Prova de azeite – Covela e Tecedeiras com pão e broa. O azeite Covela é produzido a partir de azeitonas colhidas à mão, e prensado a frio para manter as características da fruta
original. Essa experiência custa 5€ por pessoa e pode ser reservada aqui.

Infraestruturas e Serviços

  • Loja
  • Parque automóvel
  • WiFi

Espigueiro na Quinta de Soalheiro

8. Se hospedar em uma casa Minhota

Na Quinta de Soalheiro é possível.

Em uma homenagem à história da família e da região, a Casa das Infusões abriu ao público de forma a ser perpetuada a típica casa minhota com um toque de luxo.

Além de serem os primeiros produtores de Alvarinho de Melgaço, a Quinta de Soalheiro também produz infusões e abriga uma Casa Minhota, de traço rústico, para uma experiência imersiva.

A hospedagem na Casa das Infusões vem a calhar aos que querem se reconectar com a natureza, buscar um pouco de paz, vistas deslumbrantes e aquele gostinho de montanha. Ficando por lá é possível visitar as infusões, conhecer as vinhas contínuas de Alvarinho, ir à montanha, visitar um capril e várias outras experiência diferentes.

Uma casa minhota tradicional normalmente possui uma planta rectangular com dois pisos baixos: O andar sobradado, para habitação e o térreo, para as cortes de gado e lojas. Possuem paredes em alvenaria de granito, cobertura de telha de barro e vigas de madeira para os andares. Assim é a Casa das Infusões.

Mas há mais detalhes que encantam e reforçam a caracteristica casa Minhota: as frutas a amadurecer ao parapeito, as janelas, o ranger do soalho, a lareira em pedra com bules antigos a decorar, a antiga eira e o espigueiro no exterior.

Logo na parede de frente a entrada é possível conhecer as três gerações da família, começando pela bisavó Maria José, emigrante no Brasil. A Arca que Maria José usou para a migração está na sala e é peça que vale destaque.

Ela foi adaptada para melhor conforto dos hóspedes, abrigando no andar térreo três quartos com todo o conforto essencial a uma boa noite de sono. Os quartos tem nomes de aromáticas infusões, como são produzidas pela Quinta: Perpétua Vermelha, Hortelã-Verde e Alfazema.

Os três quartos abrigam até seis pessoas, sendo um quarto com cama individual e podendo abrigar mais uma, outro com duas camas individuais e outro com uma cama de casal. Para serviço dos quartos há ainda duas casas de banho, sendo uma compondo uma suíte com o quarto de casal e outra na área comum.

No subsolo há uma sala, cozinha equipada, lareira, aquecimento, ar acondicionado, internet, televisão por cabo e um espaço exterior com zona para churrasco.

O pequeno almoço é preparado com produtos locais, incluindo infusões da Quinta, sumos naturais, pães e broas regionais além de frutas da época.

  • Casa das Infusões – Quinta de Soalheiro – Alvaredo, Melgaço
  • Julho – Setembro: 160,00 €por noite (O valor por noite é pela casa inteira)
  • Estadia mínima de duas noites; pequeno-almoço opcional; inclui visita à quinta
  • Capacidade máxima: 6 pessoas
  • Quartos: 3 – Cama dupla: 1 | Camas individuais: 3 + 1 (cama extra)
  • Cancelamento gratuito até 15 dias da data de check-in
  • Os hóspedes da Casa das Infusões, têm 20% de desconto durante a estadia, nos serviços de enoturismo na Quinta de Soalheiro
  • Os animais de estimação são bem-vindos
  • Opção de pequeno almoço a base de produtos locais

Dspõe de:

  • Internet, televisão por cabo, sala, cozinha equipada, lareira, aquecimento, ar acondicionado e um espaço exterior com zona para churrasco.
  • Zona de banhos é para uso exclusivo dos hóspedes.

9. Participar de uma vindíma

A vindima é um evento muito aguardado em Portugal e que possui suas tradições em todo o processo, desde a colheita até à vinificação das uvas. É um momento que renova tradições e celebra o vinho e a vinha.

Salva aí que o período normalmente é em setembro.

Na Quinta de Santa Cristina, localizada em Celorico de Basto, na região demarcada dos Vinhos Verdes os visitantes podem participar de todo o processo desde a apanha das uvas até o processo tradicional de pisa-a-pé nos lagares de pedra.

Para a colheita é entregue o kit de vindima composto por tesoura, t-shirt, chapéu e garrafa de água. A experiência inclui um passeio pelas vinhas e uma visita guiada à adega para conhecer o processo de fabricação do Vinho Verde Quinta de Santa Cristina.

Na hora de almoço é servido um almoço piquenique regional com vista para a vinha, com petiscos típicos da região acompanhados por vinhos Quinta de Santa Cristina.

IngriDica: Use roupa e calçado confortáveis! Sei que o momento é digno de ser fotografado e registrado, mas tentem equilibrar com roupas apropriadas.

Nos anos anteriores custava uns 45€ por adulto, mas vale confirmar todos os anos. As reservas (obrigatórias), podem ser feitas através do telefone 912 527 396, ou e-mail [email protected]

Infraestruturas e Serviços

  • Loja Disponível
  • Parque automóvel
  • Parque autocarros
  • WiFi
  • Adaptado para deficientes

Quinta de Santa Cristina

10. Realizar um picnic no meio das videiras ou fazer uma refeição harmonizada

Essa é uma atividade já bem adotada na maioria das quintas, que sempre possuem seus pacotes diferenciados e várias categorias de serviços.

Já aviso que não é porque o nome é pinic que devas esperar algo simples ou muito rústico. As vinícolas estão super preparadas para proporcionar momentos memoráveis de conforto, relaxamento e com petiscos maravilhosos.

Listamos a seguir as quatro que recomendamos para essa experiência pois já testamos e aprovamos.

Quinta de Santa Cristina

Na Quinta de Santa Cristina todas as visitas incluem uma tábua de degustação, afinal, o vinho é ótimo, mas consegue ser melhor ainda quando harmonizado correctamente.

As provas começam em 15€ por pessoa, mas há também uma ótima opção aos que querem uma experiência mais completa: Prova de Vinhos & Piquenique OU Prova de Vinhos & Refeição Regional.

A Prova de Vinhos & Piquenique custa 35€ por pessoa e inclui visita guiada às vinhas e adega, prova de 3 vinhos Quinta de Santa Cristina harmonizada com tábua regional com a adição do piquenique. Tem duração aproximada de 2h30 e pode ser feita a partir de duas pessoas.

A Prova de Vinhos & Refeição Regional custa 50€ por pessoa e inclui visita guiada às vinhas e adega, prova de 3 vinhos Quinta de Santa Cristina harmonizada com tábua regional com adição do almoço ou jantar em restaurante local. Tem duração aproximada de 3h e pode ser feita a partir de duas pessoas.

Quinta de Covela

Citamos a Quinta de Covela no item 7, e não deixaríamos de citar aqui que além da refeição completa ou degustação de azeites também possuem opções de lanches para o dia. Basta consulta-los.

Os petiscos são servidos conforme o que há de melhor da época, garantindo que a materia prima será sempre fresca e preparada pelas mãos de sua equipe que é nativa da vila e sabe bem como preparar iguarias saborosas e típicas como esse quiche da foto que provamos.

  • Tábua de queijos e enchidos para 30€/duas pessoas
  • Almoço regional na Quinta de Covela (para grupos mínimo de 4 pessoas) – 30€ / por pessoa

Quinta de Soalheiro

A Quinta de Soalheiro também oferece opções de refeições típicas, onde é possível provar algumas especialidades gastronómicas do município mais a Norte de Portugal.

A regra por lá é servir tudo que é vindo de perto e que se conheça quem fez. A experiência não podia ser mais interessante, pois a cada prato ou ingrediente provado vinha junto a história de quem o produziu, sua filosofias e trajetória até ali. Tem um sabor diferente assim, né?

Algumas das iguarias que podes provar por lá, são:

  • Tábua com fumeiro de porco bísaro, criado em regime de produção ecológica, da Quinta de Folga: salpição, chouriça de sangue, chouriça de carne e presunto
  • Tábua de queixos de cabra da queijeira Prados de Melgaço: Queijo de cabra curado, Queijo de cabra Cura Longa, Vinho Alvarinho & Pimentão
  • Salada com vegetais da horta biológica
  • Sobremesa com queijo fresco, mel e compota
  • Garrafa de Soalheiro Clássico (0,75 L)
  • Àgua e café

Quinta da Aveleda

Na Quinta da Aveleda os picnics estão disponíveis até quinze pessoas, os piqueniques podem ser feitos com três diferentes propostas: o Cesto Clássico, o Cesto Gourmet e o Cesto Premium. Além de uma grande variedade de vinhos das várias propriedades, estes cestos incluem também Queijos da Aveleda.

  • Custo: A partir de 24€
  • Realizam a experiência para grupos a partir de 2 pessoas.
  • Duração Aproximada: 3 horas.

Também está disponível na Quinta da Aveleda o almoço panorâmico, que é servido na varanda com vista sobre as vinhas. O menu é elaborado pelas cozinheiras da quinta e harmonizado com três vinhos (Vinho Verde, Douro e Vinho do Porto). Caso opte por essa experiência, também terá incluso uma visita guiada à propriedade e jardins românticos.

  • Custo: A partir de 50€ no menu standart e 65€ no menu superior. – Saiba mais aqui.
  • Realizam a experiência para grupos a partir de 2 pessoas.

Esperamos que tenham gostado, pois pra nós foi um gosto imenso descobrir todas essas Quintas à convite da Comissão de Vinhos Verdes.

Conta pra gente nos comentários quais dessas experiências entraram na sua lista para fazer em breve.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Já existem formas mais inteligentes e baratas que enviar pelo banco.

Envie dinheiro com segurança pela melhor taxa de câmbio do Brasil.

Faça já a sua simulação e use o cupom: 5CANTOS

Clique aqui para receber a cotação diária do Euro e Dólar gratuitamente

Sobre mim

Olá, meu nome é Ingrid.
Sou Engenheira, Foodie e Escritora de viagem :)

Tenho uma curiosidade infinita pelas diferentes formas de viver, culturas, tradições e sabores.

Já passei por mais de 30 países e hoje sou nômade digital, trabalho de qualquer lugar do mundo, mas escolhi o Porto como lar.

Conecta-te comigo
Planeje sua Viagem
Descubra os buscadores que usamos para pagar mais barato e viajar mais
Grátis

Autor desse artigo:

Compartilhe esse artigo com seus amigos
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Translate »