Tailândia: Como chegar nas ilhas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest
Veja o índice desse artigo

Tailândia: Como chegar nas ilhas


Vamos falar especificamente das Ilhas Phi Phi, mas as ferramentas e sites apresentados servem pra maioria das ilhas do país. Saindo de Bangkok você pode conhecer as ilhas do Sul e do Norte. De barco entre as ilhas do Sul e do Norte são aproximadamente 16 horas. Então sugerimos que esse deslocamento entre regiões seja feito de avião.
A única maneira de chegar a Phi Phi Island é de barco, tanto para quem sai de Phuket ou Krabi, pois as ilhas ficam no meio do mar da Tailândia, entre Phuket e Krabi. Essas são as duas grandes cidades base para quem quer chegar nas ilhas, pois possuem aeroportos internacionais.
Existem várias empresas que fazem esse trajeto de barco saindo de Krabi ou Phuket até as ilhas Phi Phi. Nós fizemos com a Andaman Ferry e não temos o que reclamar. Mas nós fizemos uma lista a seguir com todos os sites que vocês podem usar pra comprar os tickets antecipadamente.
Esses são os sites para compra de ticket de ferrys online:

  • Andaman Ferry Service: Mostrou mais opções, valores em 450THB e no final adiciona taxa de 10%.
    • Fiz por essa, paguei no final R$ 91,43BRL pra dois de Phi Phi pra Phuket

Leve o voucher impresso, isso é exigido e caso você não tenha, imprima na recepção do hotel. A maioria oferece a opção de transfer do pier para hotel e vice-versa, vai depender da distância do seu hotel para o pier de onde saem os barcos. O pier de Krabi é bem afastado, e estando em Ao Nang você pode demorar em média meia hora até lá.
Quando liberarem a entrada, garanta um assento interno, pois do lado de fora pode parecer cool, mas o calor vai incomodar em poucos minutos. A viagem de ferry a partir de Pukhet leva duas horas. E a partir de Krabi, 1h30m.
O embarque em Krabi é tranquilo, mas lembre que cada um deve carregar suas malas até dentro do Navio, muitas vezes passando por umas pontezinhas estreitas em que é quase impossível arrastar a mala. Mas se ali não é tão bom, em Railay é pior ainda, pois como não tem pier, um barco menor pega os passageiros na areia e leva-os até o ferry, onde eles tem que pular de um barco para o outro e ainda jogar as malas, com risco da mala cair no mar. Por isso fiz um post falando sobre onde se hospedar, e dizendo as vantagens e desvantagens de Krabi e Railay.
Phi Phi não tem ruas e carros, então confira se o seu hotel possui o serviço de transfer das malas, pois muitos hotéis ficam em morros e subir com as malas pode ser bem cansativo. O nosso não teve na chegada, mas teve na hora de ir embora (Claro que eles esperam uma gorjeta).


Horários dos barcos

  • De Phuket
    • Para Ao Nang: 08h30 – 10h30
    • Para Railay: 08h30 – 10h45
    • Para Lanta: (alta temporada) 08h30 – 12h45
    • Para Phi Phi: 08h30 – 10h
  • De Ao Nang 
    • Para Phi Phi: 09h30 – 11h30
    • Para Lanta: (alta temporada) 10h30 – 12h45
    • Para Phuket: 15h00 – 17h30
  • De Railay 
    • Para Phi Phi: 09h45 – 11h30
    • Para Lanta: (alta temporada) 10h45 – 12h45
    • Para Phuket: 15h15 – 17h30
  • De Phi Phi
    • Para Railay: 15h30 – 16h45
    • Para Ao Nang: 15h30 – 17h00
    • Para Phuket: 14h30 – 16h00
  • De Lanta
    • Para Railay: (alta temporada) 13h30 – 15h15
    • Para Ao Nang: (alta temporada) 13h30 – 15h30
    • Para Phuket: (alta temporada) 13h30 – 17h30

Transporte entre as praias

Essa parte é fácil. Em toda praia você vai encontrar uma fila de barcos disponíveis para transporte entre as praias. A maioria tem preço tabelado, mas quando não tiver, fique livre pra negociar com o barqueiro. Atente-se aos horários, pois muitas encerram a circulação dos barcos ao final da tarde e se você deixar pra voltar depois, pode noção conseguir.

Não aconselhamos deixar pra comprar seu ticket em cima da hora. Não porque esgote fácil, acontece, mas é raro, mas o pior pra mim é correr esse risco e ainda perder tempo de curtir a cidade tendo que pesquisar o melhor preço ou empresa ‘às cegas’.
Para trajetos curtinhos como Ao Nang e Railay, não tem uma uma tabela de horários, mas existe um limite de horário pra voltar de Railay. Perto da escada na praia de Ao Nang tem um guichê que vende os tickets de ida e volta.

Sobre mim

Olá, meu nome é Ingrid.
Sou Engenheira, Foodie e Escritora de viagem :)

Tenho uma curiosidade infinita pelas diferentes formas de viver, culturas, tradições e sabores.

Já passei por mais de 30 países e hoje sou nômade digital, trabalho de qualquer lugar do mundo, mas escolhi o Porto como lar.

Conecta-te comigo
Planeje sua Viagem
Descubra os buscadores que usamos para pagar mais barato e viajar mais
Grátis

Autor desse artigo:

Compartilhe esse artigo com seus amigos
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Translate »