Arusha Tanzânia Artigos Tips Trips

O que aprendi na Tanzânia – Curiosidades sobre animais, pessoas e culturas

Um país tão distante em geografia e cultura não poderia nos proporcionar nada menos do que uma lista de fatos curiosos e marcantes. Sim, nós fomos escrevendo tudo que aprendemos de diferente nesse país e listamos os mais interessantes aqui pra vocês. Alguns talvez vocês já tenham ouvido, mas tenho certeza que muitos vocês não faziam ideia.

Animais

Parceria Zebras e Gnus x Predadores

Você verá muitos bandos de Gnus e zebras juntos, pois são complementares. Os Gnus ouvem bem, mas veem mal, enquanto as zebras enxergam bem, mas ouvem mal. Elas andam juntas como um time e a reação de um bando alerta ao outro do perigo.

A hiena oportunista

Para conseguir alimento, a hiena observa onde os abutres estão pousando, pois eles possuem obviamente um angulo mais privilegiado, e vai atrás pois já sabe que ali há uma carcaça pronta pra ser devorada.

Avestruz é Branco ou Preto?

Avestruzes são ovíparos e as fêmeas fertilizam os ovos em um único ninho comunitário, um buraco escavado no chão. O ninho pode conter de 15 a 60 ovos, que são chocados pelas fêmeas de dia (Brancas) e pelo macho (Pretos) à noite, pois aproveitam as cores diferentes de penas dos dois sexos para melhor camuflagem.

Berço anti cobra

Há muitas cobras pela Tanzânia, e os passarinhos já cientes disso, fazem os ninhos nos galhos mais frágeis, porém, que suportem sua prole. Assim quando as cobras tentam alcança-los, o galho estala e balança, deixando-as com medo de cair, assim elas não avançam.

Macacos treinados na escola da malandragem

Os macacos roubam sua comida, fato. A gente estava bem atento e um vigiando a retaguarda do outro, mas mesmo assim nos furtaram um sanduba e os caras de pau ainda desembalaram e comeram olhando pra gente. Fique atento no golpe mais comum, um te distrai fazendo gracinhas de um lado, enquanto o outro dá um bote certeiro pelo lado oposto. Hahahaha PS: Turistas são aconselhados a não alimentarem eles, pois isso afeta a capacidade de conseguir comida naturalmente.

Chuva de mosquito

Mentiraaa… Eles não tem tantos mosquitos quanto a gente imagina, embora eles façam um terrorismo danado, tem tantas chances de pegar uma doença quanto no brasil, ou até menos, pois eles são muito cautelosos e usam mosquiteiras e repelentes em todos os lugares. Vá vacinado e use repelente, mas não precisa ter medo de ir.

País

África abaixo de zero

Não se engane por ser África. A Tanzânia faz um frio danado de noite (Não chega a zero como no meu título sensacionalista). Em geral as noites são frescas, mas alguns dias são realmente frios. Se pretende fazer um safári, não se engane com o tempo da manhã, leve uma muda extra de roupa na mochila ou roupas versáteis, caso o tempo mude.

Safaris duram mais de um dia

Se você achou que faria um safári em um dia e depois iria embora, enganou-se. Eu também achava isso, e é até possível fazer, mas totalmente desaconselhado. As reservas onde são feitos os safáris são distantes da cidade, e se torna cansativo e improdutivo ter que ir e voltar em um dia. O ideal é arrumar um Lodge próximo aos parques e se hospedar por lá, mesmo que o seu safári seja apenas de um dia, assim você retorna para a cidade no dia seguinte já descansado. Clique aqui pra descobrir como fazer um safári barato na Tanzânia.

Estradas

As estradas são boas, realmente boas. As principais que ligam as cidades são melhores até que no Brasil. Elas possuem apenas um negativo similar ao Brasil, guardinhas pedindo um suborninho… Nossa dica é não alugar carro de forma alguma, vai de taxi e uber que é o melhor pra turista.

Cheirando a leite

A Tanzânia é um país bebê praticamente. Até 1962 ainda era uma colônia do Reino Unido (por isso que a mão é inglesa). O nome Tanzânia é um portmanteau (palavra resultante da fusão de duas palavras) de “Tanganica” e “Zanzibar”, que são os dois estados que foram unidos em 1964, formando a República Unidade de Tanganica e Zanzibar, que posteriormente no mesmo ano foi renomeado para o atual nome TanZania.

Camping Glam

E se você acha que dormir na selva será um perrengue danado, enganou-se novamente. Há Lodges pela Tanzânia luxuosíssimosssss! Você pode dormir em um acampamento e ainda assim ter energia elétrica e água quente, como no que ficamos, o Migunga (Clica aqui pra ver ele no Booking).

9 horas e 3 minutos de distância

O principal meio de transporte da Tanzânia são os pés, eles caminham quilômetros e quilômetros e talvez em consequência disso, as distancias são medidas por dias de caminhada e não por metros ou quilômetros.

Me vê um KFC

Não… não tem fast food em qualquer lugar. Arrisco dizer que não vi nenhumzinho. Então se você não gosta de se aventurar na gastronomia, passará alguns apertos. Falando em comida e bebida: As bebidas são quentes e para o nosso paladar as vezes falta um alho e cebola no tempero. A comida típica é rica em carboidrato e com pouca opção de proteína, porém há uma diferença gritante entre a comida do cotidiano deles e a comida turística. A turística não deixa de ser típica, mas usa ingredientes mais nobres e caros.  Pra ver a lista do que comer na Tanzânia, clique aqui.

O parque dos parques

A Tanzânia pode afirmar ser o lar do ‘safári’ visto que a palavra vem do Kiswahili (Swahili) e significa jornada.

A maior concentração de parques para safáris esta aqui, a observação de animais no país é reconhecida como a melhor na África. Pra vocês terem ideia, a maior cratera do mundo está aqui e é uma zona de Safári, o país abriga a maior concentração de leões do mundo e possui algumas das maiores populações de elefantes do mundo. A Cratera assim como o Serengeti são considerados Patrimônios da Unesco. Para te ajudar a decidir qual conhecer e saber um pouquinho sobre cada parque e suas características, clique aqui.

Olha a banana… Olha o bananeiro

Querido, eles não tem nada menos que 24 tipos de banana! De cabeça aí tu lembra de quais? Prata, ouro, d’água, terra, nanica, sapo, figo, maça… puf! Lembro de nenhuma mais e só foram 8, imagina 24! É banana pra dar e vender.

Ahhh… Eles também fazem uma cerveja de banana maravilhosa que o teor alcoólico é medido em dias e não em porcentagem.

Pessoas

Malabaristas


  Já reservou hotel pra sua próxima viagem? Clique aqui pra reservar com o líder mundial em reservas online de acomodações e clique aqui pra receber R$40 de bônus após a sua próxima reserva pelo Booking, clique e salve pra depois. :: Ou reserve pelo Hotéis.com
  Compre moedas estrangeiras com a melhor cotação do Rio de Janeiro, delivery, compra online simplificada e ainda com desconto usando o cupom '5cantos' na DG Cambio

Lembrando da banana… Vale citar que as mulheres carregam praticamente T-U-D-O na cabeça, sério, é uma habilidade que desejo aprender um dia, deve ser super útil. Juro que elas tentaram me ensinar, mas é algo que deve ser aprendido desde criança… tenta aí só pra ver.

Roupas descartáveis

A Tanzânia tem muuuuuita poeira de terra! As ruas, acessos, e maioria dos locais possuem muita areia, então esteja preparado para não reutilizar muitas roupas quando estiver por lá.

Maasai moderno

As tribos Maasai espalhadas pela Tanzânia e Quenia, fazem um rodízio de terras influenciadas pelo clima e estação, em média são três mudanças por ano. Eles ainda preservam seus costumes e cultura, continuam vestindo as roupas tipicas, mas muitos delas já possuem casas em suas aldeias temporárias e não apenas ocas, e ao voltarem no ano seguinte, ocupam novamente suas casas.

Direitos das mulheres

A maioria das mulheres não trabalha fora, se dedicam ao trabalho caseiro e são realmente tratadas como inferiores, pois o país é de grande parte muçulmana, principalmente em Zanzibar. Apesar disso, elas possuem direito à voto após os 18 anos.

Brasileiros são raros

Por aqui, os Europeus dominam. Alguns resorts inclusive só aceitam euros, de tão comum que é receber apenas europeus, principalmente Italianos. Apesar de nossa cultura de desbravar o mundo e existir alguns brasileiros morando por lá, ainda somos raridade, muitos que conhecemos nunca haviam visto um brasileiro antes, não conheciam nada de nossa cultura, e alguns não sabiam nem onde ficava. Nos comprometemos em enviar mais turistas brasileiros pra eles, então nos ajude, por favor.

Choque de religiões

Apesar de existirem varias religiões, inclusive muitos muçulmanos, o país não vive em guerra, pois a maioria ainda é cristã e busca a paz. A maioria é pacífica e eles respeitam uns aos outros, sem atendados e ataques muçulmanos, diferentemente do restante do mundo.

Viagem exclusiva de mochileiro

Não! Você não precisa ser mochileiro para conhecer o país. Pode trazer suas mil malas (Cuidado com as franquias dos voos internos) e programar suas ferias (e seu bolso) com todo conforto pois aqui é possível fazer safári de luxo. Mas não se assuste, pois os hotéis não são baratos não, são muuuuito baratos, as empresas de turismo nem tanto, mas há hotéis muito bons e baratos, principalmente em Zanzibar. Para ver ótimas opções com bons preços, clique aqui.

Vintage way of life

A maior parte da população não tem água encanada e nem utiliza gás. Para cozinhar e esquentar água, é no carvãozinho mesmo e a comida fica uma diliça! Poucas coisas são feitas com máquinas, cortar grama, colocar guardrail, entre outras que vimos por lá, são feitas exclusivamente com a força humana e pouca tecnologia.

Costumes Maasai

Os Maasais podem ter ate 25 esposas, porém deve ter uma casa para cada. Ele só precisa ser rico o bastante para alimenta-las, riqueza para eles significa grande quantidade de gado, e não dinheiro na conta bancária. É a principal fonte de alimento, pois fornecem leite, sangue e carne. Eles aprendem a cuidar de gado muito novos, não sei exatamente a idade, mas alguns aparentavam uns 5 anos e já pastoreavam. Voltando a falar das esposas, Maasais podem ir na aldeia do amigo e se deitar com qualquer esposa dele, contanto que sua lança esteja fincada na entrada da casa dessa esposa como aviso. Se um filho nascer, será considerado como filho do líder de sua tribo, o real marido da mulher. Moderno, não?

Suas casas, as ocas, são feitas de esterco, as camas também. Cozinha-se com carvão dentro da oca, do lado das camas. Bebem água junto com os animais, a mesma água que lavam roupas, tomam banho, etc, toda e qualquer água para eles é bebível. Poucas roupas são costuradas, eles usam apenas panos enrolados, sempre muito coloridos.

Os meninos na faixa entre 13 e 18 anos são circuncidados e passam a ser guerreiros juniores (murran barnot), e em algumas tribos as meninas ainda sofrem mutilação genital, mas é feito sem o governo saber, pois é uma pratica proibida no país. As meninas se casam em média com 15 anos e já iniciam a maternidade, pois não há métodos contraceptivos e segundo nos informaram, eles tem quantos filhos Deus quiser! (Os Maasais dominarão a Terra)

A famosa dança dos pulos é chamada “adumu”, que funciona como uma espécie de competição. Quem pula mais alto e de forma mais reta impressiona as mulheres que assistem ao espetáculo.

Se você pesquisar sobre os rituais Maasai na internet, lerá diversos relatos, confesso que isso me deixou um pouco confusa e a conclusão que tirei é que como são várias tribos, eles foram desenvolvendo rituais distintos com o tempo e nem todas as tribos executam todos da mesma forma. Nessa que fomos eles nos contaram que a transformação de menino em homem se dá pelo ritual de enviar os meninos para sobreviver sozinho na selva por alguns dias, à base de sangue e leite de gado, que segundo eles é um elixir de força. Apenas após passar pelo ritual eles são habilitados a usar a lança e cor vermelha no seu tecido tradicional quadriculado.

Os hábitos de higiene são realmente distantes dos nossos, mas eles nos contaram que raramente ficam doentes, e quando ficam, utilizam ervas e matérias primas in natura. Eles são tão bem sucedidos na medicina (dentro de suas limitações e desafios, claro) que já curaram até malária com seus procedimentos.


A cereja do bolo

Apesar de todas as mazelas e problemas, eles se consideram muito abençoados por vários motivos, pela vegetação, pelos parques, pelo clima, a presença dos animais e repetem isso à todo tempo.

Por essas e outras que incentivamos que você conheça esse lindo país, pouquíssimos brasileiros tiveram coragem de desbravar essas terras, você não vai se arrepender. Nenhuma sala de aula é maior e mais interessante que esse mundo.

E você? Conhece a Tanzânia? O que mais aprendeu por lá? Conta aí nos comentários.

Leia nossos outros posts sobre a Tanzânia, para ver todos, clique aqui.

:: Informações gerais sobre a Tanzânia

:: Quanto custa conhecer a Tanzânia

:: Quando ir para a Tanzânia

Sua opinião é muito importante - Deixe uma resposta


 Hotéis: Reserve online com o Booking :: Reserve com Hotéis.com :: Clique aqui pra receber R$40 de bônus após a sua próxima reserva pelo Booking, clique e salve pra depois. :: Clique aqui pra ganhar um cupom de R$100 no Airbnb para sua primeira aventura :: Nas próximas férias, alugue uma casa no Alugue Temporada
 Câmbio: Melhor cotação do Rio de Janeiro, compra online simplificada. Use cupom de desconto '5cantos' na DG Cambio
 Ingresso antecipado: Fuja das filas e não perca tempo comprando seus ingressos antecipadamente pela Tiqets
 Transporte: Compare valor de aluguel de carro em todas as agências ao mesmo tempo pela RentalCars ou clicando aqui pela RentCars :: Cupom de desconto de R$10 para sua primeira viagem de Uber :: Cupom de desconto de R$15 na primeira viagem de Cabify
 Passagens aéreas: Submarino Viagens - A melhor comparadora online :: Latam Airlines com desconto