Austrália: Comidas típicas – O que comer e beber

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Veja o índice desse artigo

Pra não perder a viagem e provar tudo que a Austrália tem de melhor em gastronomia, fizemos aquela listinha pá-pum do que buscar lá de comidas típicas.
O país apresenta uma gastronomia mundial, pois ao longo do tempo incorporou pratos, usos e costumes de populações provenientes dos mais diversos lugares. Para acompanhar os pratos dos cinco cantos do mundo, a Austrália conta com ótimos vinhos, a uva mais difundida é a shiraz (ou syrah).

  • Vegemite – uma pasta que se come com pão ou torradas. Feita de extrato de levedura, livre de gorduras e uma fonte de vitamina B e acido fólico.
  • Damper – o pão típico do bush australiano. A massa é tradicionalmente assada sobre brasas ardentes de uma fogueira ao ar livre. O pão icônico é popular entre os Australianos indígenas e usado para ajudar trabalhadores, campistas e colonos para sobreviver na selva.
  • Macadâmia – uma das maiores exportações da Austrália. Utilizada em saladas, doces e sorvetes.
  • Ostras – circundados por oceanos, eles aprendenram muito bem a aproveitar os frutos do mar, em particular as ostras.
  • Meat Pie – torta de carne que se assemelha com uma empada grande. Super tradicional. Estima-se que os 24 milhões de australianos comem até 300 milhões de tortas de carne por ano. Local em Sydney: Harry’s Cafe de Wheels, prove também com pasta de ervilha por cima.
  • Hurricane’s Grill & Bar Steakhouse – o mais próximo de um Outback (Que não é australiano e sim americano), tem as costelinhas de porco e boi-no local, o hábito é comer com as mãos.
  • Churrasco Australiano – eles colocam qualquer coisa no grelhador – desde hambúrgeres, mariscos e salsicha australiana. Colocam vegetais ou salada, fatias de pão e por cima ketchup ou molho BBQ.
  • Galinha Parmigiana – Ou “galinha parma”. Costeleta de galinha coberta de fiambre, molho napoli e “a slab of melted cheese?”. É normalmente servido com batatas fritas ou salada e é mais apreciado num “pub”.
  • Palitos de Caranguejo – Nem sempre contêm caranguejo mas todos os outros tipos de peixe. Um Snack delicioso.
  • Barramundi – Ou perca-gigante, é o peixe mais popular na Austrália, que é encontrado tanto em água salgada quanto em doce. De carne macia e delicada, pode ser frito, cozido, grelhado ou posto no churrasco.
  • Carne de Canguru – É possível comer bife de canguru, hambúrguer, salsicha ou apreciar a experiência ao come-lo num guizado ou em uma pizza.
  • Carne de crocodilo – Apreciada há muito tempo na Austrália, à principio pelos aborígenes e aos poucos toda a população acabou se fascinando pelo seu sabor.
  • Hambúrgueres – Eles colocam beterraba e isso os torna mais saudáveis, apesar disso, são considerados um dos melhores do mundo.
  • Rolls – Snack para todas as horas. “Chiko Rolls” são a versão a Australiana de rolls chineses, porém preenchidos com carne, cevada, couve e arroz. Há também os de Queijo e bacon e os de salsicha.
  • Lamingtons – bolos esponjosos em forma de cubo com uma camada de cobertura de chocolate e coco raspada, o “Bolo Nacional da Australia”. Dia 21 de Junho é o dia Nacional de Lamington.
  • Fish and Chips – Peixe frito com batata frita.

 

  • Uva Shiraz – uva introduzida na Austrália no século XIX, encontrou clima e terreno ideal para produção em alta qualidade. Hoje a produção vitivinícola australiana ocupa a posição de destaque no panorama mundial.
  • Biscoitos Anzac – Hoje, eles são comidos pacificamente durante a hora do chá e para comemorar o dia ANZAC a 25 de Abril. Mas originalmente foram feitos por esposas do corpo do exército da Austrália e Nova Zelândia (ANZACs) durante a primeira Guerra. Eles eram enviados para as linhas da frente ou vendidas para angariar dinheiro para os esforços da guerra.
  • Pavloka – Anna Pavlova, uma bailarina Russa de 1920, foi a inspiração para esta deliciosa sobremesa: um bolo merengue, coberto por fruta e chantili.
  • Durian – Ou Durião, com casca super grossa e recoberta de espinhos, essa fruta possui um cheiro putrefato que contamina todo o ambiente, porém, se você não se intimidar com esses obstáculos, descobrirá uma polpa de sabor adocicado encantador.
  • Tim Tam – o biscoito recheado com chá ou leite; você morde as laterais do biscoito e o faz de canudo para tomar a bebida. Os australianos comem 45 milhões de pacotes de Tim Tam por ano – a fábrica de “Tim Tam” fica em Sidney, onde são produzidos 3.000 biscoitos a cada minuto.

Dicas Gerais:

– Todos os restaurantes servem água gratuitamente na Austrália;
– Não é hábito deixar gorjetas, nem os famosos 10% costumeiramente cobrados no Brasil.
– Em muitos restaurantes, especialmente os informais, costuma-se fazer o pedido e pagamento no caixa. Ao realizar o pagamento, você recebe uma plaquinha indicativa para que seu pedido seja entregue onde você escolher para sentar.

+ Você pode se interessar também: Cupom de desconto em Chip pra viajar

Sobre mim

Olá, meu nome é Ingrid.
Sou Engenheira, Foodie e Escritora de viagem :)

Tenho uma curiosidade infinita pelas diferentes formas de viver, culturas, tradições e sabores.

Já passei por mais de 30 países e hoje sou nômade digital, trabalho de qualquer lugar do mundo, mas escolhi o Porto como lar.

Conecta-te comigo
Planeje sua Viagem
Descubra os buscadores que usamos para pagar mais barato e viajar mais
Grátis

Autor desse artigo:

Compartilhe esse artigo com seus amigos
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Que tal um 'até logo'?
Receba nossas dicas por email