As 15 melhores cidades da Europa pra passar o Reveillon

Três das quinze melhores cidades da Europa para passagem de ano ficam em Portugal.

Esse ranking foi estabelecido pela European Best Destinations, através de uma votação que possuía como candidatas cidades da Grécia, Croácia, Inglaterra, Irlanda, Espanha, França, Portugal e outras.

Portugal foi o único país que emplacou três cidades na lista e também recebeu o selo de European Best Destinations to celebrate New Year, pois aqui está o melhor lugar pra curtir o Reveillon na Europa.

O primeiro lugar ficou com a Ilha da Madeira, que em 2016 entrou para o Guiness como o “Maior espetáculo de fogo de artifício do mundo”. Por aí você já imagina o nível de dedicação desse destino pra se tornar O lugar inesquecível pra você passar o ano novo.

Já fez o seu seguro viagem? Além de obrigatório em muitos países, o seguro viagem te deixa tranquilo pra curtir relaxado. Perder vôo, perder mala, ficar doente ou qualquer outro problema, pode se transformar em um probleminha quando você esta seguro ou se transformar em um PROBLEMÃO se você tiver que resolver tudo sozinho e pagar por isso. Clica aqui pra cotar um seguro com a Real Seguros ou aqui pra ver qual é o maior cupom de desconto disponível hoje na Seguros Promo.

Mas vamos a lista das vencedoras pra vocês conhecerem todos os destinos:

1. Madeira Islands – Portugal

No período do Reveillon a Madeira acumula um clima tropical, lindas vistas, decorações de cair o queixo e os incríveis espetáculos de fogos de artificio. A baía do Funchal fica encantadora nessa época, cheia de luzes nas ruas e decorações, como no anfiteatro do Funchal que fica repleto de candeeiros multicoloridos. E o espetáculo principal são os fogos, é claro.

Os cruzeiros de Ano Novo para a Madeira são bastante populares. E você pode assistir os fogos direto do seu navio ou do porto do Funchal. Mas será possível vê-los de praticamente qualquer lugar.

2. Londres – Inglaterra

Em Londres você encontrará toda a cidade iluminada e uma parada de Natal no dia primeiro. Além disso, há exibições de fogos de artificio em pontos importantes como a South Bank de Londres.

O desfile anual costuma contar com vários artistas, bandas de rock, líderes de torcida, palhaços, acrobatas e muito mais.

3. Berlim – Alemanha

Aqui a festa costuma se concentrar no portão de Brandemburgo e a multidão vem junto. Há sempre palcos com shows, barraquinhas vendendo comida e bebida, além de produtos locais.

Nos portões há uma queima de fogos que dá inicio a festas que duram até a manhã do dia seguinte.

4. Paris – França

Paris não ficaria de fora da lista né?
A Torre Eiffel, o Sena, as pontes de Paris… tudo isso já seria suficiente para um cenário perfeito de Réveillon. Mas você pode fazer melhor ainda, literalmente embarcando nos barcos especiais para a virada do ano. Muitos dão direito a ceia completa e atrações como orquestra ao vivo.

5. Edimburgo – Escócia

O Hogmanay de Edimburgo é uma das maiores e melhores celebrações de Ano Novo do mundo. As coisas começam No dia 30 de dezembro já começam as celebrações com a Torchlight Procession, que reúne carregadores de tochas enquanto eles criam um rio de fogo desde a histórica Royal Mile e finalizam com fogos de artifício em Calton Hill.

Na Hogmanay, eles vão até Princes Street, no coração da cidade de Edimburgo, com o Castelo de Edimburgo. Há Concerto nos Jardins com música e entretenimento ao vivo, DJs, telas gigantes, bares ao ar livre e, é claro, o mundialmente famoso Edinburgh Hogmanay Midnight Fireworks no castelo.

6. Porto – Portugal

Na minha cidade perfeita também rola uma das melhores comemorações de virada do ano.

Durante o mês todo a cidade é abrilhantada com corais, mercados, rinque de patinaçõ, parques e várias surpresas pelas ruas.

Durante o dia 31 a cidade fica repleta de festas de rua e eventos, então é possível começar a curtir desde cedo.

Em frente à Câmara Municipal do Porto, na Avenida dos Aliados, é onde a população se reúne com direito à apresentações musicais ao vivo e fogos de artificio.

É possível também passar a virada à bordo de cruzeiros que enchem o rio Douro nesta noite. E você pode prolongar a noite em uma das boates do Porto, que estendem as festas até o amanhecer.

7. Bruxelas – Bélgica

Acontece por toda a cidade!

Experimente atividades turísticas e culturais delirantes, como o Atomium e o Manneken Pis. Descubra as charmosas ruas da cidade do shopping Fashion District, repletas de lojas de roupas e conceito e uma variedade de bares autênticos e modernos, cada um com sua própria seleção de renomadas cervejas belgas. Mais de 60 DJs em 15 festas de Ano Novo em toda a cidade. Uma gama de festas para todos os gostos, desde rocknroll, hip-hop a house e techno, bem como festas gay friendly pelas quais Bruxelas é conhecida.

8. Dubrovnik – Croácia

Acontece em Stradun (a rua principal de Dubrovnik).

O grande entretenimento na véspera de Ano Novo é fornecido pela seleção dos artistas croatas mais famosos: os residentes de Dubrovnik e seus convidados, que recebem o Ano Novo com um rico programa de música e entretenimento.

9. Viena – Áustria

Acontece na Praça da Prefeitura e no Prater.

Na mudança do ano, Viena é entregue a festas e danças. A passagem de Ano Novo na Cidade Velha é o ponto alto. Um ótimo ambiente pode ser apreciado tanto em um jantar de gala ou bola festiva como pode ser em um concerto, na ópera, em um clube de quadril ou um bar sofisticado.

10. Roma – Itália

Acontece no Fórum imperial.

A província de Roma possui muitos tesouros da capital, e a área circundante experimentou, mais ou menos diretamente, a influência da história da Cidade Eterna. Roma é provavelmente um dos lugares mais românticos para a véspera de Ano Novo, a Cidade Eterna do amor.

11. Praga – República Checa

Acontece nos Jardins Letná.

Praga é considerada uma das cidades mais bonitas do mundo desde a Idade Média. Adjetivos como “ouro”, “cidade das cem torres”, “a coroa do mundo” foram atribuídos a Praga, que está localizada bem no coração da Europa.

Praga recebe o ano com uma tradicional queima de fogos. Os fogos de artifício serão lançados nos Parques Letná e poderão ser melhor observados a partir das pontes e aterros

12. Lisboa – Portugal

Acontece no Terreiro do Paço. A partir das 21:00 (estação de metro: Terreiro do Paço).

No dia 31 de dezembro, Lisboa veste-se para receber o Ano Novo. Milhares de pessoas enchem as ruas principais da cidade e praças públicas para celebrar entre os amigos de Ano Novo.

O Terreiro do Paço é o gigantesco salão de festas para as celebrações de Ano Novo da cidade, com muita animação para marcar a passagem para o Ano Novo. Mas esta véspera de Ano Novo promete muito mais. Para marcar a entrada dos céus do Ano Novo Lisboa irá iluminar com uma fabulosa queima de fogos e entretenimento musical.

Não precisa de planos além desses para o Ano Novo. Entre na maior “sala de estar” de Lisboa, o Terreiro do Paço, com uma vista fabulosa sobre o rio Tejo e a melhor música portuguesa

13. Estocolmo – Suécia

Onde? Museu ao ar livre Skansen em Estocolmo .

Por quê? Como muitas outras ocasiões festivas na Suécia, o Ano Novo tornou-se cada vez mais dominado pelas ofertas tradicionais da mídia.

Cada ano termina com uma transmissão ao vivo do museu ao ar livre Skansen, em Estocolmo, onde os sinos tocam e um verso de Ano Novo (curiosamente pelo poeta britânico Lord Alfred Tennyson) é solenemente declamado para a nação. Há algo legal e seguro em terminar o ano na frente da TV em sua sala de estar.

Muitos, no entanto, preferem o ar frio da noite. Aqueles que não têm a sorte de viver em uma cidade com vista, tendem a procurar lugares públicos à meia-noite de onde podem disparar foguetes e dar uma olhada nos fogos de artifício de outras pessoas.

Fica lá, envolto em seu pesado casaco de inverno, olhando de boca aberta enquanto o horizonte – seja em prédios altos em silhueta ou uma linha esparsa de pinheiros – se acende, piscando e crepitando

14. Gdansk – Polônia

Onde? Por toda a cidade!

Por quê? Não há outro lugar como Gdansk. Outras cidades podem apenas se assemelhar a Gdansk. A sua localização única e a história de mais de mil anos moldam o carácter expressivo e distintivo de Gdansk e dão-lhe um reconhecimento forte e implícito entre as cidades europeias. No entanto, a cidade possui uma abundância de mistérios; tem o seu próprio espírito que torna impossível confundir Gdansk com qualquer outro local.

15. Reykjavik – Islândia

Onde? Embora não haja eventos oficiais patrocinados pela cidade, há muitas festas privadas e eventos menores acontecendo por toda ela.

Por quê? A véspera de Ano Novo em Reykjavik é uma experiência extraordinária, especialmente considerando o fato de que não há exibições oficiais de fogo de artifício na cidade. Esta noite lendária é muito criada pelo povo de Reykjavik que coletivamente faz um trabalho incrível. Às 23:35h, uma brilhante exibição de fogos de artifício é desencadeada quando 200.000 pessoas (aproximadamente a população de Reykjavík) disparam cerca de 500 toneladas de fogos de artifício. Depois da meia-noite, as boates e pubs permanecem abertos e as comemorações continuam bem cedo.


Gostou dessa lista?

Portugal é o unico país com 3 das melhores cidades para entrar no novo ano. E você, sonha eu começar um ano em alguma delas?

Deixe um comentário