Tailândia Tips

Tailândia: 12 Dicas pra você chegar malandro – O que saber antes de ir

Quando ir

Novembro a Março: Essa é a melhor época pra visitar o país. Esse período é inverno, os meses mais secos e alta temporada. O inverno tailandês tem temperaturas média de 30 graus.

Abril à Junho: Preços mais baixos e há menos turistas, porém abril é o mês mais quente do ano e há possibilidade de chuvas, mas não tão intensas quanto os meses seguintes.

Julho a Outubro: Se planeja ir às praias, evite esse período. As monções causam temporais piores que as nossas chuvas de verão.

Não vá direto para imigração

Quando chegar em BBK não corra direto na imigração, indo na direção da imigração você verá à esquerda uma placa health. Passe primeiro ali, onde vão tirar sua temperatura e olhar a carteira de vacinação dar um carimbo para ser apresentado na imigração, caso você vá direto, após enfrentar aquela fila toda, vão te mandar voltar.

Visto, passaporte e vacina

O turista brasileiro é dispensado de visto para visitar a Tailândia, e pode permanecer no país por até 90 dias com um passaporte de no mínimo 6 meses de validade da data de retorno. É preciso estar vacinado contra a febre amarela para embarcar.

Leia mais aqui sobre o visto, vacina e outras informações referentes na Tailândia.

Compre um chip de internet no aeroporto

No aeroporto de Bangkok há vários quiosques que vendem chip com internet ilimitado, alguns com limite de GB, que se usar tudo continua navegando com velocidade reduzida. Para ler qual a melhor operadora e planos clique aqui.

Use Grab pra transporte

Não use tuc tuc nem taxi oficial, o mais barato aqui é o Grab, baixe o aplicativo. O Uber é mais barato que taxi, mas o Grab é ainda mais. Clique aqui pra baixar pra Android e aqui pra baixar pra IOS.

Pra garantir, baixe o Uber também, clique aqui pra baixar pra android e aqui pra IOS. Use o cupom 9suy26p4ue pra ganhar um desconto na primeira viagem.

Moeda e Cambio

A moeda tailandesa é o baht.  E em geral R$1 compra 10TBH.

Para fazer câmbio procure os bancos SCB e TMB, que possuem guichês de câmbio por toda parte. Notas de 50 e 100 dólares valem um pouco mais do que as notas menores na troca. São cobradas tarifas entre 150 e 180 baht em saques de caixa eletrônico.

Veja aqui a cotação da SCB e Aqui a cotação da TMB. – O valor que vale é o buy, que é eles comprando o dólar de você, quem estiver com a maior cotação, melhor, sinal de que estão pagando mais pelo seu dólar vendido.

Reembolso de IVA

Quando for comprar algo que gaste mais de 2000THB, leve o seu passaporte e procure o selinho azul de VAT Refund for Tourists (VRT) pelas vitrines. Se houver o selo, significa que nestas lojas os turistas têm direito a reembolso de imposto nas compras superiores a 2.000 baht (por compra, não pode somar notas). São 7% de reembolso que você recebe no guichê específico no aeroporto. Antes de despachar a bagagem, vá ao guichê, será preciso mostrar os itens ao fiscal.

Evite o golpe no Aluguel de motocicletas e “jet-skis”

Turistas alugam motocicletas ou jet skis e, ao retornarem ao locador, ele alega danos e cobra altas quantias a para indenização. Recomenda-se alugar veículos apenas em companhias que aparentem solidez. Em caso de conflito, a Embaixada recomenda avaliar a possibilidade de negociação. Um conflito não solucionado poderá ocasionar queixa do locador à polícia, e o turista estrangeiro poderá ficar em situação desvantajosa. Deve-se evitar deixar o passaporte como garantia, ao alugar veículos.

Verifique se a taxa cobrada pelo aluguel de motocicletas, jet skis ou automóveis inclui seguro contra acidentes.

Se o turista não tiver carteira de motorista válida para dirigir motocicleta, em caso de acidente a companhia que tenha segurado a motocicleta alugada poderá se recusar a se responsabilizar pelos danos, e o seguro de saúde do interessado poderá não pagar as despesas com eventual hospitalização.

Evite o golpe na Compra de Jóias

Procure lojas de boa reputação e não se deixe levar por ofertas de preços irresistíveis.

Desconfie de pessoas bem vestidas que abordam turistas em locais como o Grand Palace e templos mais famosos. Normalmente essas pessoas afirmam ser guias oficiais do governo tailandês e informam que a atração está fechada devido a feriado nacional; ao convencer o turista, oferecem acompanhá-lo a outros locais, culminando o passeio com visita a uma joalheria, onde o turista é induzido a comprar joias a preços aparentemente promocionais, muito abaixo do mercado. A loja fornece “certificado de garantia” (falso) e a possibilidade de devolução da joia com retorno de 80 por cento do valor, caso o cliente venha a mudar de ideia no futuro. Normalmente, já de volta ao Brasil, o turista se dá conta de que foi enganado e não tem como retornar a joia.

Como se vestir e comportar

A cultura tailandesa, valoriza a discrição e o respeito. Evite atos de afeto em locais públicos. Use tons de voz baixos e polidez quando lidar com a população local.

Lembre-se que este é um país budista e quando visitar templos, tenha cuidado com as roupas e vista-se de maneira respeitosa.

  • Homens: Usem calças ou bermudas abaixo dos joelhos e blusas com mangas.
  • Mulheres: Usem vestido ou saia abaixo do joelho, ou calça comprida. Cubra os ombros e joelhos. Não é permitido bermudas, shorts, sandálias de dedo, chinelos, leggins (Leve uma canga e cubra-se como uma saia). Caso a sua roupa seja inadequada para entrar no local, será necessário alugar uma echarpe ou um pano.
  • Ambos: Não é permitido entrar nos templos com calçados, devem ser retirados e deixados junto à porta.

Apesar da exigência nos templos, nas ruas é permitido usar roupas curtas, decotadas ou cavadas.

Os tailandeses são muito receptivos com os turistas. Se te saudarem, devolva saudando como um tailandês: juntando as palmas das mãos, curvando-se ligeiramente e cumprimentando com ‘sawatdee ka’ (se você for mulher) ou ‘sawatdee krap’ (homem).

O desrespeito à família real é punível como crime de lesa-majestade, passível de prisão.

 

Carteira de motorista

Segundo as leis tailandesas, os motoristas, para dirigir na Tailândia, devem portar carteira de motorista tailandesa. Carteiras de motorista estrangeiras ou carteiras internacionais não são aceitas para dirigir no país.

Empresas de aluguel de automóveis na Tailândia às vezes alugam carro para estrangeiro portador apenas da carteira de motorista de seu país de origem, acompanhada de tradução para o inglês, ou de carteira internacional.

Em caso de acidente, não portar carteira de habilitação válida pode resultar na invalidação do seguro, o motorista então tem que arcar com o pagamento de despesas e até mesmo ser indiciado por direção ilegal.

Curiosidades sobre a Tailândia

  • As pessoas que lidam com turistas falam um inglês intermediário. É possível se virar falando inglês.
  • Barganhe! Principalmente nos pontos turísticos. Algumas coisas é possível chegar em um valor 5x menor do que o primeiro oferecido. Se você falar que é brasileiro, ajuda bastante pois já sabem que não tem tanto dinheiro quanto americanos e europeus.

Deixe um comentário ou pergunta