Dicas para evitar ser furtado viajando

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest
Veja o índice desse artigo

Dicas para evitar ser furtado viajando

Deixe seus itens de luxo em casa. Ladrões visam turistas, porque somos nós que temos coisas de valor em nossas bolsas e carteiras. Mas não deixe de viajar por medo de carteiristas. Além de usar um cinto de dinheiro, aqui estão algumas outras dicas para manter seus objetos de valor seguros.

Esteja preparado

Antes de ir, tome medidas para minimizar sua perda potencial. Faça cópias ou tire fotos dos principais documentos, faça backup de seus arquivos e proteja seus dispositivos com senha. Bagagens luxuosas atraem ladrões: eles costumam escolher mala mais impressionante e com cara de sofisticada.

Deixe o que pode deixar

É provável que seus objetos de valor sejam roubados quando estiverem com você na rua. Sua mochila está em alto risco. Em viagem, o quarto de hotel pode ser o lugar mais seguro para deixar meu passaporte, laptop e assim por diante. Não deixe objetos de valor expostos no quarto, apenas coloque as coisas fora de vista. Se o hotel tiver cofre, você pode usar, mas saiba que eles possuem as chaves, então não o acesso pode ser não só seu.

Não deixe dinheiro no quarto, nem bem guardado, ele poderá ser encontrado. Já fomos furtados assim, escondemos em fundo falso de bolsa e acharam mesmo assim. Nesses casos, nem tem o que fazer, é assumir o prejuizo. O dinheiro deve ser mantido sempre com você, escondido por dentro da roupa.

Seja um alvo difícil

Os ladrões querem separá-lo rapidamente de seus objetos de valor, portanto, mesmo um pequeno obstáculo pode ser um impedimento eficaz. Se estiver sentado para comer ou descansar, prenda a alça da mochila ao redor do braço, perna ou perna da cadeira. Uma abraçadeira, um clipe de papel ou um chaveiro podem ajudar a manter sua bolsa bem fechada. O objetivo não é tornar sua mala impenetrável, mas mais difícil de entrar do que a do próximo.

Sabemos que em alguns lugares como no Brasil, se o ladrão quiser te roubar, vai pegar mesmo que esteja esteja na sua mão. Pra esses casos, evite mostrar objetos de valor para que não chamem atenção. E não mantenha todo o dinheiro na carteira, apenas um pouco para caso sofra um assalto.

Evite multidões

Os ladrões sabem onde estão as multidões – e onde estão os turistas – e são muito, muito hábeis no trabalho. Uma pequena aglomeração e um pequeno empurrão, já são suficientes pra sua carteira já ter sido roubada.

Esteja alerta nas estações de trem, especialmente na chegada, quando você pode ficar sobrecarregado com a bagagem e perdido por estar em um novo local. Reveze-se observando as malas com seu parceiro de viagem. Não abaixe distraidamente uma sacola; mantenha contato físico com suas coisas. Tenha especial cuidado em ônibus ou metrô lotados. Nos trens, mantenha a bagagem acima, no porta-malas, e não nas prateleiras perto da porta.

Atenção ao atravessar a rua e esperar em aglomerações para atravessar. Esse é o procedimento mais comum dos carteiristas na Europa. Até nós já quase caímos em um desse tipo.

Muitas vezes, as equipes de trapaceiros criam um distúrbio – uma briga, um derramamento confuso, um empurrão ou um tropeço – para distrair suas vítimas. Multidões em qualquer lugar, mas especialmente no transporte público e nos pontos turísticos, oferecem aos bandidos muitos alvos, oportunidades e rotas de fuga fáceis.

Não seja enganado

Os carteiristas furtivos parecem empresários bem vestidos. Alguns se apresentam como turistas, com mochilas, câmeras e até um guias. Você encontrará muitas pessoas na rua com lindos olhos, lindos filhos e histórias tristes – mas muitos mendigos são batedores de carteira. Não se deixe enganar por uniformes impressionantes, femme fatales ou histórias de má sorte.

Se acontecer

Se você for assaltado, envie uma denúncia policial; você precisará registrar uma reivindicação de seguro e pode ajudar a substituir seu passaporte ou cartão de crédito. Cancele os cartões de crédito e débito. Suspenda seu serviço móvel (se você tiver um aplicativo de segurança, use o computador do hotel para ativar o recurso “localizar, bloquear e limpar” antes de cancelar o serviço). Acima de tudo, seja flexível e paciente.

Batedores de carteira deixam você se sentindo humilhado e violado. “Nunca mais”, você jura, embora a maioria de nós não consiga descobrir exatamente como fomos levados em primeiro lugar. Avise o seu banco quando estará viajando, assim você evita ter o cartão de crédito bloqueado enquanto viaja. Leve sempre um segundo cartão e mantenha em lugar diferente do primeiro. Caso um seja furtado, há um plano B.


Os esquemas mais comuns

Saiba quais são os esquemas mais comuns e identifique quando acontecer com você. Se achar que pode ser, fuja!

Deixar algo cair: Uma pessoa idosa ou deficiente é alistada para deixar algo cair na frente do alvo (você). Enquanto você está distraído, dedos ágeis escorregam nos seus bolsos.

Crianças que agarram: Um mendigo persistente o persegue por dinheiro ou o assiste com relógios falsos, enquanto os filhos dela se agarram à sua roupa. Sinta-se à vontade para entregá-los doces, mas preste atenção nas costas – a espera atrás de você provavelmente tem a mão deles na sua bolsa.

O casal zangado: Esse método geralmente acontece em locais movimentados – vagões do metrô, plataformas de trem, aeroportos. Um casal atraente começa a brigar alto, ou dois começam a se empurrar. Quando as pessoas param para assistir, os cúmplices trabalham a multidão. Atrações turísticas como o teto da Capela Sistina e as rosáceas de Notre Dame também podem proporcionar distração suficiente.

AS SOLUÇÕES

Cintos de dinheiro e bolsas para o pescoço são praticamente inexpugnáveis; mas também são desconfortáveis ​​e inconvenientes. Minha recomendação principal é que você use pochetes ou similares, mas caso não queira, há outras estratégias simples:

1. Coloque um elástico em volta da sua carteira. Ela dificulta o deslizamento da carteira, minimizando a eficácia do batedor de carteiras e possivelmente alertando você quando tentem puxar.

2. Mantenha sua carteira em um bolso frontal ou, de preferência, em um que feche com zíper ou botões. Evite calças com bolsos grandes demais (leia-se: fácil acesso).

3. Leve a bolsa com a alça em volta do pescoço e o fecho contra o corpo. Opte por bolsas com fechos que exijam duas mãos para abrir ou que travam automaticamente – os profissionais reconhecem os que apresentam uma pontuação rápida.

4. Mantenha uma pequena quantia de dinheiro “diário” separada para despesas. É melhor ocultar a localização e a quantidade de dinheiro que carrega: uma carteira cheia à vista de todos atrairá a atenção de qualquer batedor de carteiras observador, que também observará onde você a coloca quando terminar de pagar.

5. Confie nos seus instintos. Se você se mantiver atento, seu sexto sentido dirá quando algo está estranho. Não espere até que seja tarde demais: em caso de dúvida, pare de andar, coloque as mãos nos bolsos ou na bolsa e afaste-se da multidão.

6. Diga alguma coisa. A esposa de minha amiga desconfiava da escada rolante do metrô, mas, em vez de avisar o marido, ela esperou até que estivessem fora da escada rolante. Então ela disse a ele para verificar seus bolsos. Muito tarde. Verifique na hora e se necessário for, faça um escandalo ali mesmo. Quase fomos furtados em Madri por uma carteirista que enfiou a mão na bolsa enquanto atravessavámos o sinal. Por sorte vimos na hora e seguramos a mão dela, não soltamos até ter certeza de que não tinha dado tempo de pegar nada.

Sobre mim

Olá, meu nome é Ingrid.
Sou Engenheira, Foodie e Escritora de viagem :)

Tenho uma curiosidade infinita pelas diferentes formas de viver, culturas, tradições e sabores.

Já passei por mais de 30 países e hoje sou nômade digital, trabalho de qualquer lugar do mundo, mas escolhi o Porto como lar.

Conecta-te comigo
Planeje sua Viagem
Descubra os buscadores que usamos para pagar mais barato e viajar mais
Grátis

Autor desse artigo:

Compartilhe esse artigo com seus amigos
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Translate »