Como Viajar Melhor Tips Trips

Como viajar melhor

Vamos ao que interessa:

Buscadores de preços

19Use buscadores de preço. Comparadores de preço são ótimas ferramentas pra quem prefere viajar mais barato pra viajar mais. Compare passagens aéreas, hotéis, alugueis de carro, tudo, pra sempre encontrar o menor preço. Por que pagar mais pelo mesmo serviço?

Uma boa dica pra utilizar buscadores e ativar os alertas para mudanças de preço nos serviços que você tem interesse. Além disso, vale lembrar que os preços são sempre variáveis, os mesmos serviços para as mesmas datas são vendidos por preços diferentes variando pelo dia da semana, mês e até horário que está sendo comprado. O melhor a se fazer é criar um histórico, pesquise mais de uma vez, coloque em uma planilha e olhe em dias e horários alternados pra garantir que esteja fechando o melhor negócio.

Pra saber mais quais buscadores utilizar, veja clicando aqui sobre os buscadores de hotéis, clicando aqui sobre os buscadores de passagens e aqui sobre os buscadores de aluguéis de carros.

Escolha uma boa poltrona

Se você não vai viajar de executiva ou primeira classe, vale pesquisar quais poltronas serão mais confortáveis pra não ter surpresas. Sentar em uma poltrona que não reclina, ficar perto do banheiro, em assentos mais estreitos que os demais e outras inconveniências podem atrapalhar um pouco o bom humor de qualquer viajante.

Mas nós temos a solução! Tcharãm: SeatGuru.com ou SeatExpert.com

Tendo o numero do vôo na mão ou outras informações sobre sua viagem, esses sites te mostram quais são os melhores assentos da aeronave. Daí basta você entrar no site da companhia que você comprou a passagem e escolher um desses assentos.

Algumas dicas extras sobre poltronas:

Para quem costuma comer devagar, vale sentar na frente do avião, assim você terá tempo pra comer com calma até que seja recolhido o lixo. Se for um avião grande, o serviços é iniciado pelos fundos também.

Se você costuma ir muito ao banheiro, melhor sentar nas pontas, você vai ter uma liberdade maior para levantar, e evita vizinhos que durmam o vôo inteiro e não te permitam sair.

Se quer evitar bebês, saiba que os primeiros assentos as vezes são reservados para crianças de colo, pois há opção de colocação de berços.

Se não quer ser perturbado pelo entra e sai de gente no banheiro, não escolha assentos muito próximos à eles, não esqueça que alguns aviões possuem banheiros no meio, então, consulte o SeatGuru ou SeatExpert pra garantir.

Se está com bagagens de mão grandes, é bom não demorar muito pra embarcar, ou pode acabar sobrando espaço longe do seu assento para acomodar as bagagens.

Leve itens de sobrevivência

Alguns podem discordar de mim e achar que na bagagem de mão deve ir o mínimo possível, mas já passamos por algumas diversas situações que nos ensinaram a ser cada vez mais precavidos.

Para quem não consegue ficar sem beber água por muito tempo, leve uma garrafa d’água. Por mais que seja possível solicitar, eu não gosto de ficar pedindo agua toda hora e ter que segurar em copinho, nada substitui a boa e velha garrafinha. Sim, eu sei que não tem como entrar com água no detector de metais, mas você pode comprar uma depois que passar dele.?

Comida! Um biscoitinho e um docinho nunca vai mal, as vezes sua fome não está regulada com o serviço de voo ou a comida não é o que você esperava, então é sempre bom levar um pacotinho de biscoito pra garantir.

Fone de ouvido: Nem todas as cias estão dando mais de brinde, e algumas como a TAM, tem aplicativo para celulares com entretenimento pessoal, porém só pode ser usado com fone, assim como pra ouvir os filmes que passam em telas coletivas ou musicas nos canais.

Escovas de dentes: Se for viajar um longo período, leve as escovas de dentes na bagagem de mão para caso queira escovar os dentes após as refeições, eu não viajo sem.

Muda de roupas: Além de um casaco ou um lenço para se cobrir caso esteja frio no vôo, para alguns lugares nós levamos uma blusa e roupa íntima extra, pois já aconteceu da bagagem extraviar e chegar só um dia depois, e após um voo de 12h o mínimo que a gente quer é uma roupinha limpa né.

Livro/ Kindle/ passatempo: Se o voo é longo e você não consegue descansar direto, leve passatempos! Assim você evita uma tortura de 12h ou mais sentado na mesma poltrona sem fazer nada. Uma alternativa é tomar um dramin e dormir o trajeto todo (Comigo sempre funciona. Rs)

Quer uma listinha do que não esquecer de levar? A gente fez uma pra você. Clica aqui.

Leve um adaptador de tomadas

Nem sempre a nossa tomada vai caber em qualquer lugar. Uma boa solução é comprar um adaptador universal (Compramos um na CVS em Las Vegas ótimo). Pra não ter que comprar vários, leve uma régua de tomadas e use o adaptador pra ligar a régua.

Como nem todo adaptador de tomada universal é realmente universal, pesquise antes de viajar como é a tomada do lugar e veja se há algum adaptador aqui que possa se adequar à tomada de lá. No Site do ElectricalOutlet.org você consegue descobrir de todos os países ou aqui nessa página do blog clicando aqui.

Compre um plano de celular local

nano-simMuitas pessoas ainda vão viajar para o exterior e, antes da viagem, ligam para a operadora para pedir o desbloqueio do uso do seu celular em viagens e a operadora tenta lhe vender um pacote de uso do celular no exterior que vai gerar “economia”, um pacote no qual a pessoa terá acesso a tudo que ela já está acostumada.

O cliente acaba acreditando em sua operadora de telefonia brasileira, e aceita o pacote.

O que acaba acontecendo na maioria dos casos é que o plano não será suficiente para todo o tráfego, e quando isto acontecer, sua conta vai subir aos reais por minuto, podendo gerar contas de telefone na casa dos milhares de reais.
Se você não consegue ficar sem comunicação enquanto estiver no exterior, sua melhor aposta é em contratar um plano pré-pago de telefonia no exterior.

Tanto nos Estados Unidos quanto na Europa, existem planos ótimos, que incluem ligações, SMS, e internet, por um preço bastante adequado. Por um adicional, você pode optar ainda por SMS para o exterior (Brasil e outros países), e também ligações internacionais para telefones fixos no Brasil e mais diversos países. Este opcional você deve pensar se vale a pena, visto que com a internet poderá resolver quase todos os contatos do dia-a-dia.

Tenha cópias dos documentos

Extraviar seu passaporte ou documento durante uma viagem pode ser uma enorme dor de cabeça. Para evitar dor de cabeça e perda de tempo, carregue sempre uma cópia de seus documentos e vistos na mala ou em um lugar diferente dos originais.

Você pode também guardar essas cópias no seu email ou em algum arquivo online para se necessário for, poder entrar em alguma lan house e imprimir.

Prefira transporte público à Táxis

bus-512Utilizar táxis pode ser muito cômodo em cidades grandes como NY, Paris , Roma , etc.

Em cidades como estas, que não chega a ser muito prático possuir um carro alugado, o táxi vem logo em nossas mentes como ótima segunda opção.

Dentro de um trem do Metrô de Roma, na Itália
Mas para ter uma experiência mais autêntica e integrada, nada melhor que o bom e velho transporte público, com seus Trams, ônibus, trens de metrô, etc.

Não estou dizendo aqui para nunca utilizar táxis. É claro que há situações em que você vai preferir utilizá-los, ou até precisar deles.

Como quando estiver com malas, em dias de chuva, quando estiver com alguma criança ou idoso no grupo, dependendo da situação, o táxi realmente se torna mais viável.

A ideia aqui é fazer seus deslocamentos de uma forma planejada, sem utilizar o primeiro meio de transporte que lhe aparecer na frente, escolhendo o melhor deles em cada situação.

Prefira carro à transporte público

Como falamos na dica anterior, a não ser que você esteja viajando pra ficar em NY, Paris, Roma ou fixado em apenas um lugar com ampla estrutura de transporte publico, te aconselhamos alugar um carro. Mesmo que sejam só dois viajando, ainda vale a pena.

A liberdade de explorar que um carro te trás é impagável. As vezes por falta de carro ou preguiça acaba-se deixando de conhecer ou visitar algum lugar um pouco mais distante ou em horários alternativos. Não vale a pena, o mais caro da viagem já é estar lá, já é o seu tempo, a passagem, a hospedagem, faça as contas e veja se de repente não vale a pena pagar um pouco mais por essa liberdade.

Em alguns lugares, já comparamos o quanto gastaríamos com transporte publico e vimos que sairia até mais caro se fizéssemos tudo o que fizemos de carro. O que acaba acontecendo é deixar de se locomover muito e deixar de fazer o que deu vontade na hora pra economizar um pouco no transporte ou por demorar pra chegar no destino.

Não sabe como alugar um carro? Nesse post aqui do blog nós explicamos melhor, clique aqui.

Não esqueça de pesquisar se o lugar de destino exige o PID (Permissão internacional para dirigir). Pra tirar, custa o valor de um DUDA, não há prova, teste, nada, é só pagar e buscar agendamento pra retirar. Clique aqui para saber mais pelo Detran do RJ.

*O PID É A EMISSÃO DA PERMISSÃO PARA DIRIGIR NOS PAÍSES SIGNATÁRIOS DA CONVENÇÃO DE VIENA. APENAS CONDUTORES HABILITADOS, COM CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO (CNH) EMITIDA PELO DETRAN/RJ E DENTRO DO PRAZO DE VALIDADE, PODEM OBTER A PID. A VALIDADE DO NOVO DOCUMENTO SERÁ A MESMA DA CNH. PARA MAIOR SEGURANÇA, O CONDUTOR DEVE CONSULTAR O CONSULADO DO PAÍS EM QUE DESEJA DIRIGIR, PARA VERIFICAR A NECESSIDADE DE EMISSÃO DO DOCUMENTO.

Troque o Fast Food por comida de verdade

Esta é uma troca importante, mesmo que você não seja o tipo fitness, basta apenas você estar interessado em mergulhar um pouco mais nas opções gastronômicas locais.

Não somos contra Fast-Food, nos Estados Unidos, por exemplo, existem uns ótimos, tradicionais, super diferentes e que valem a pena, já fomos em quase todos (rs). Mas aqui estamos falando de provar o que é típico, de evitar o fast food que tem igual na sua cidade pra provar coisas novas, comida de verdade.

Como os seus dias no exterior estarão lhe custando um considerável dinheiro, que tal deixar para comer seus alimentos favoritos do dia-a-dia no Brasil e, enquanto viajando, se deixar levar pelas possibilidades culinárias do local visitado, não perca a oportunidade, prove de tuuuudo e por favor, conta pra gente!

Se não consegue ficar sem um hambúrguer com batata frita, intercale os fast-foods locais com restaurantes de comidas que você só conseguirá comer alí, e quando voltar pra casa coma todo o fast food que quiser.

É possível achar restaurantes de todos os preços e estilos, eles não precisam ser caros para serem bons. E a nossa próxima dica vai te ensinar como fazer isso.

Use o TripAdvisor

TA_550x370Para alguns, uma das melhores partes da viagem é comer. Faz parte da magia de viajar, desbravar e conhecer, o experimentar comidas típicas, ingredientes nunca antes provados e receitas nunca imaginadas. Mas você não quer arriscar fazer isso em um lugar mais ou menos né? Muito menos em um lugar com higiene duvidável. Confesso que já caímos em algumas furadas com comida e quase 100% delas aconteceram por não pesquisar, por parar no lugar mais próximo ou mais chamativo aos olhos sem nem dar uma olhadinha no que as pessoas acham dele. Não cometa esse erro, a quantidade de refeições em uma viagem é muito pouca pra quem tem ‘fome’ de desbravar toda a culinária local, e você não vai querer se arrepender por ter errado comendo em um lugar que vai te fazer passar mal ou vai te fazer perder a oportunidade de comer em um local melhor recomendado.

A solução pra isso tem nome e aplicativo: TripAdvisor

“MAS INGRID E VINÍCIUS, O TRIPADVISOR PRECISA DE INTERNET PRA FUNCIONAR, E PRA ONDE EU VOU SÓ TEREI NO HOTEL!”

OK! Busque no TA a cidade onde vc vai estar e coloque pra baixar o mapa offline (Não tem disponível para toooodos os lugares, mas muitos e principais, sim!), assim, você vai poder acessar os restaurantes próximos à você sem precisar de internet. As informações disponíveis no modo offline são mais restritas, como por exemplo se está aberto no momento ou não, e as imagens baixadas também são restritas a três por local, mas ainda assim, vai te quebrar um galhão, pois as recomendações, notas, comentários, sugestões de pratos ainda estarão lá.

Se o lugar que vc vai no tem a cidade pra baixar, chega no hotel e dá um print nos lugares que vocês gostaram, assim os endereços e informações ficarão salvos no seu celular.

   

Acredite na gente, vale a pena ‘perder’ um tempinho e seguir essa dica, ela é essencial para refeições agradáveis, pois nessa vida de viajante a avaliação de locais por outros viajantes é sempre super relevante.

O que nos leva para a nossa próxima dica:

Considere a opinião de viajantes

turistaEu entendo que tem muita gente que ainda viaja por agencia de viagens ou com um agente particular. Não estamos aqui para criticar isso, já fizemos ótimas viagens com agencias e outras péssimas, algumas até mais baratas do que se fôssemos fechar os serviços diretos.

Estamos aqui pra te alertar para outro serviço que faz parte do trabalho de agentes:Dar dicas úteis sobre o seu destino como onde ficar, comer, ir, etc.

Antes de tudo: Você não deveria ter esta expectativa. Agências de viagens vendem um produto, que você está contratando como passagens aéreas, hotel, carro alugado, etc. Agências não são pagas por uma consultoria de viagem, elas não possuem a obrigação de fazer um roteiro personalizado para você. Então, se você espera mil dicas e sugestões, está esperando mais do que está pagando.

É óbvio, que se você está contratando exatamente um serviço de consultoria de viagem, ou um pacote que inclua isso, você não está incluído nessa descrição.

A realidade é que não é isto que a maioria das pessoas compra. Então não há motivos para esperar pela personalização.

Porém, mesmo que você esteja indo de roteiro personalizado, é sempre bom pesquisar, procurar saber por outros, conte com a opinião de quem já foi, quem conhece o destino. Não esqueçam que agencias ganham por indicações à locais também, e infelizmente o local indicado pode não ser a melhor opção pra você e sim para a agência.

Se não conhece ninguém, pesquise em vários blogs (temos várias pérolas de restaurantes que as vezes quase ninguém conhece, pois foram indicados por moradores), leia todos quanto conseguir, leia livros sobre o local, não sejam preguiçosos. Grande parte da magia da viagem é você sonhar e buscar mais do seu destino antes mesmo de estar lá, aproveite pra aprender um pouco de geografia, história, curiosidades, línguas. Viajar é bom por isso, te faz descobrir coisas novas e ampliar seus horizontes!

Ao contar com a opinião e sugestões de quem realmente conhece e gosta do destino proposto, você evita as fantasias e frases pré-fabricadas das apresentações corporativas de destinos turísticos. Elas nunca têm muito a acrescentar.

Tenha um dia coringa

Normalmente quando as pessoas fazem roteiros, tentam encaixar o máximo de coisas possíveis para serem vistas. Mas um conselho que damos é deixar um dia livre no roteiro, de preferência em cada cidade, ou naquela que tem mais coisa pra ser feita. Assim você consegue fazer tudo que foi planejado com calma e sobra um dia pra fazer o que talvez tenha ficado pendente, além de explorar locais menos óbvios.
Se a maioria dos roteiros dizem que 4 dias são suficientes para visitar algum lugar, fique 5.
Normalmente quando dizem que uma quantidade de dias é suficiente significa que esse é o tempo que você vai levar passar pelas principais atrações turísticas sem necessariamente parar pra curtir nenhuma delas.
É nesse dia “pulmão” que as coisas mais diferentes acontecem. Quando se viaja sem pressa você se permite descobrir coisas diferentes para fazer, acaba conhecendo restaurantes diferentes, puxando assunto com nativos e outros viajantes, faz um passeio que não estava nos planos. Ou simplesmente você descansa pra recuperar as forças para o restante da viagem.
O dia coringa também pode te ajudar a ajeitar o roteiro quando surgir aqueles imprevistos como uma tempestade, um dia que alguém passou mal ou uma coisa que não deu tempo de fazer.
Ter um dia mais tranquilo pode te ajudar a achar lugares mais baratos para comer e aproveitar os horários de entrada grátis nos museu, o que vai te trazer uma boa economia na viagem. Os gastos com passagens e deslocamentos (que costumam ser uma das partes mais caras da viagem) reduzem bastante.

Dois é o número ideal

Aviation-49-512Viajar em grupos grandes pode ser tentador e também muito agradável. Mas, por outro lado, cada pessoa a mais traz toda sua carga de hábitos, preferências, altas e baixas de humor, etc.

Se você quiser uma viagem mais tranquila, sem ter de agradar muita gente, respeitar horários incompatíveis com os seus, considere viajar somente o casal, ou um grupo extremamente enxuto.

Interaja com os nativos

Eu entendo que procurar brasileiros quando no exterior crie uma sensação de conforto. Mas as experiências serão mais autênticas e ricas se você optar por tentar, dentro do possível, interagir com as pessoas nativas do local que você estiver visitando.

Além de você conhecer pessoas de outra cultura, que poderão lhe dar informações que só um morador local poderia dar, você ainda terá a oportunidade de treinar suas habilidades naquele idioma estrangeiro.

Uma forma de se sentir mais no local é alugar uma casa, ao invés de ficar em um hotel.

Visite mais lugares nativos

3-512É claro que você quando em Paris, você vai visitar a Torre Eifell, quando estiver em Roma, visitará o Coliseu, quando em NY, visitará o Empire State Building.

Tudo isso realmente merece ser feito. Mas você pode fazer muito mais do que apenas se limitar a visitar os locais mais procurados pelos turistas. Você pode também se aventurar um pouco e visitar aqueles locais em que quase não se percebe a presença de turistas.

Estes locais existem em qualquer destino que você possa vir a visitar, basta pesquisar antes ou, interagir com os nativos durante a viagem, eles podem lhe passar uma boa dica de um ótimo local a ser visitado, mas que você não teria ido sem esta indicação.

Alugue casas temporárias

imagesHospedar-se em hotéis é, para muita gente, sinônimo de viajar. A sensação de estar em um hotel costuma agradar muita gente, principalmente àqueles que estão entrando agora no mundo das viagens, e também àqueles que vêm de um histórico de hospedagens em Albergues/Hostels. É um grande Upgrade, na verdade.

A realidade é que o Upgrade pode continuar, ou seja, você pode chegar a um novo patamar de hospedagens, e normalmente sem aumentar o custo, ou até mesmo reduzi-lo.

Algumas vantagens da hospedagem em casas de aluguel temporário que fazem a diferença:

  • Estacionar em frente à porta de entrada de sua habitação.
  • Ter uma cozinha disponível para comprar coisas curiosas no mercado e comer na hora que quiser;
  • Poder lavar roupas e assim levar menos bagagem;
  • Ter uma casa completa, com cozinha, sala e as vezes até piscina, permitindo que o grupo de viajantes tenha mais confraternização durante a viagem. Assim não fica cada um no seu quarto e pode-se discutir os planos futuros, impressões dos lugares sem vez de ter de apertar todo mundo em um dos quartos de hotel para qualquer reunião.
  • E o mais importante: Você terá a experiência, mesmo que rápida, de como é morar naquele local, terá vizinhos e verá como é o comportamento em bairros residenciais.

Não sabe como fazer? Clica aqui que tenho uma lista de sites que você pode fazer isso. Se tiver dificuldade, escreve pra gente que te ajudamos.

Como não me canso dese vídeo e ele exemplifica o que quero dizer com ‘viver lá’. Segue ele aqui de novo!

Olhe o clima

Antes de fazer as malas, procure saber como estará o clima na data em que você estará no seu destino. Isso facilitará a escolha de roupas, mas não esqueça de levar sempre um casaquinho, por mais fino que seja, pode te salvar. Isso vale para o contrário também, se estiver indo para algum lugar frio não dispense pelo menos um conjunto para algum lugar quente, já passamos por situações em que o clima mudou e não tínhamos roupas adequadas.

Para verificar o clima, veja no Accuweather e Climatempo.

Verifique eventos locais

Para não perder nenhuma programação especial, consulte o calendário de eventos locais antes de viajar. Assim você consegue se planejar melhor pra estar no lugar certo e no momento certo. Feirinhas, eventos e festas regionais são sempre bem vindas.

Leve poucas roupas

762Quando estiver viajando para os Estados Unidos, faz todo sentido que queira comprar roupas lá. Muitos brasileiros aproveitam suas viagens para renovar o guarda-roupas, sendo assim, não há nada melhor do que levar poucas roupas para poder se virar somente nos primeiros dias de viagem.

Como você irá fazer compras, terá as roupas novas para vestir depois, isso fará com que você economize muitos quilos de bagagem na volta. Pagar excesso de bagagem por ter se empolgado custará mais caro do que comprar roupas de grife no Brasil, portanto, seja esperto e siga a recomendação.

A melhor forma de evitar o excesso de bagagem é saindo de casa mais leve, simples, objetivo e econômico!

Mas se você está viajando sem intenção de comprar roupas, pega leve! Lembre que viagem é feita pra curtir o lugar e o momento, e não um desfile de moda. Roupas tem que ser práticas e eficientes. Mas se você entrar na onda de levar mais roupa do que precisa, vai se desgastar carregando malas e perdendo tempo com produção pessoal ao invés de estar aproveitando o lugar. Leve apenas o necessário! Quer uma ajuda? Clique aqui.

Se desapegue um pouco da sua aparência e se apegue em aproveitar!

Viva o momento

Travel_20-512Essa é uma das dicas mais importantes pra você aproveitar o máximo de sua viagem.

Ela é simples: tire menos fotos.

Gaste menos tempo se preocupando com mostrar para os outros que está viajando e postar nas redes sociais.

Gaste mais tempo vivendo o momento, observando cada detalhe e nunca tire da mente que em um breve período isso tudo estará muito distante novamente.

Observe, sinta o cheiro, ouça os sons. Se sentir vontade de sentar em uma praça e ouvir um musico de rua, ou apenas os passarinhos cantando, faça!

Esqueça do trabalho, dos problemas, esqueça tudo! Você trabalhou e esperou muito pra estar alí.

Não corra, não viaje por viajar, pra dizer que viajou ou pra apenas riscar mais um lugar na lista. Viaje pra se renovar, pra ganhar fôlego para a rotina do dia-a-dia. Caso contrário, até viajar vai se tornar rotina na sua vida.

Surpreenda-se, aproveite, de verdade!

Sempre planeje a próxima viagem

É importantíssimo voltar de sua viagem já programando a próxima.

Eu não sei vocês, mas quando nós voltamos pra casa sentimos uma espécie de depressão. Essa depressão é porque sabemos que vamos voltar à nossa rotina, ao trabalho, ao país incrivelmente sub-desenvolvido que vivemos, vamos conviver com os mesmos problemas do Brasil e que nos chateiam tanto.

Afinal, como não se deprimir ao pensar que o sonho acabou e agora vamos voltar para nossas vidas de pobres mortais?

Nós descobrimos o ‘remédio’ dessa depressão: Planejando a próxima viagem.

E aí você certamente estará pensando:

“PERAÍ, EU NEM TERMINEI DE PAGAR ESSA VIAGEM, NÃO TENHO NEM IDEIA DE QUANDO VOU PODER VIAJAR NOVAMENTE!”

Claro, estamos juntos amigos, não esqueça que também somos trabalhadores e pagamos todas as nossas despesas de viagens. Sem planejamento não há nova viagem, sem disciplina não temos como voltar a viver esses maravilhosos dias de cidadão do mundo.

Planeje uma viagem com antecedência, meses, anos…Comece pesquisando do lugar, observando os preços de passagens, notícias, novidades, assim, você estará sempre empolgado pra encarar a rotina.

Assista filmes que lhe façam relembrar os lugares que visitou, é uma excelente terapia, ou melhor ainda, veja filmes e documentários sobre os novos lugares que pretende conhecer, também vai lhe manter motivado e focado em seu próximo objetivo.

Esperamos ter ajudado a te transformar em um turista profissional.

   

Tem mais alguma dica? Escreve pra gente.

5Cantos

Olá! Meu nome é Ingrid e sou apaixonada por viagens! O 5Cantos é um projeto de realização pessoal, não vivemos dele. Sou engenheira e trabalho como todo mundo, mas nas madrugadas escrevo umas dicas aqui. Queremos ajudar pessoas normais, como nós, a viajar sempre mais, otimizando o tempo e dinheiro. Viajar é possível, cola comigo!

Sua opinião é muito importante - Deixe uma resposta


 Hotéis: Reserve online com o Booking :: Reserve com Hotéis.com :: Clique aqui pra receber R$40 de bônus após a sua próxima reserva pelo Booking, clique e salve pra depois. :: Clique aqui pra ganhar um cupom de R$130 no Airbnb para sua primeira aventura :: Nas próximas férias, alugue uma casa no Alugue Temporada
 Câmbio: Melhor cotação do Rio de Janeiro, compra online simplificada. Use cupom de desconto '5cantos' na DG Cambio
 Ingresso antecipado: Fuja das filas e não perca tempo comprando seus ingressos antecipadamente pela Tiqets
 Transporte: Compare valor de aluguel de carro em todas as agências ao mesmo tempo pela RentalCars ou clicando aqui pela RentCars :: Cupom de desconto de R$10 para sua primeira viagem de Uber :: Cupom de desconto de R$15 na primeira viagem de Cabify
 Passagens aéreas: Submarino Viagens - A melhor comparadora online :: Latam Airlines com desconto