Portugal Food Restaurant Tips Trips

Portugal: O que não deixar de comer e beber

Segue nossa listinha imbatível do que não deixar de comer e beber na terrinha. Perfeita para os viajantes gulosos:

Comidas

  • Francesinha – esse prato pode ser considerado completo e repleto rs. Um sanduíche de forno recheado com carne de porco ou de vaca, presunto, salsichas, linguiças e outros frios. É coberta com queijo e um molho parecido com o de tomate, vai ao forno e geralmente é servido com um ovo e batatas fritas. Um prato grande e com sabor intenso.
    • Bufete Fase – Na Rua Santa Catarina, 1147
    • Café Santiago (em frente ao coliseu),
    • Capa Negra,
    • Tiffosi,
    • Yuko,
  • Tasca Casa Guedes – Praça dos Poveiros (sandes de carne assada “ou pernil” com queijo da serra e o vinho verde da casa)
  • Tripas a moda
  • Alheira: Capa Negra, no campo alegre você consegue comer uma boa.
  • Sardinha na brasa – ribeira ou na vila dos pescadores em Gaia
  • Café da manhã numa Padaria Estação de São bento. Final de aliados e sobe à esquerda
  • Bacalhau – Brasador (estádio do Dragão)
    • Bolinho de Bacalhau
    • Bacalhau a Brás (Braz) – bacalhau desfiado e salteado com cebola, ovos e batata palha. Em alguns lugares ele é servido com um creme que deixa o prato bem parecido com um risoto.
    • Bacalhau as Natas – bacalhau desfiado e misturado com pedaços pequenos de batata, temperos, azeitonas, creme de leite e depois gratinado com bastante queijo por cima.
  • Leitão a Bairrada – um pequeno leitãozinho (ou pedaços de um leitão maior) assado e servido com as deliciosas casquinhas a pururuca.
  • Chouriço – linguiça de carne de porco, com cartilagens.
  • Morcilla – Nosso chouriço, feito de sangue
  • Castanha na brasa
  • Tremoços
  • Caldo Verde – esse prato foi a inspiração para o nosso caldinho verde, uma sopa de batata ralinha com couve. Em alguns restaurantes é servido com linguiça.
  • Cozido à Portuguesa – feijão, batata, couve, cenoura, nabo, frango, partes de porco e de boi, chouriço de carne e morcela, entre outros.
  • Carne de porco à alentejana – É preparado com amêijoas (um tipo comum de molusco em Portugal), carne de porco, colorau, louro, vinho e alho, entre outros temperos. A carne é frita e servida misturada com as amêijoas já cozidas. O prato final pode ainda ser polvilhado com coentros, acompanhado por batatas fritas cortadas em cubos e por limão.
  • Favas alentejanas – Temperado com hortelã, coentro e colorau.
  • Açorda à Alentejana – A açorda à alentejana é um prato típico alentejano feito à base de coentros, pão, alho e azeite. Este prato é adaptável a diferentes tipos de açorda podendo incluir marisco, bacalhau e outros.
  • Leitão Assado – O leitão assado é um prato típico do centro de Portugal. Geralmente acompanha-se de batata frita ou arroz suavemente temperado e aromatizado. Este é um prato tenro e muito saboroso que não deve perder principalmente se passar pelas terras da Bairrada ou Mealhada.
  • Marisco – O marisco é um bem comum na dieta portuguesa e daí que encontrará pelo país inúmeros pratos de marisco onde a frescura do mesmo é o requisito essencial. Devido à abundância de marisco na costa portuguesa este é preparado e servido de todas as formas e para todos os bolsos.
  • Prego – É o sanduba português de carne de vaca, encontrado em qualquer bar, restaurante e até mesmo no McDonald’s. A carne é um bife fininho bem batido – como um prego! – e talvez aí esteja a origem do nome. Trata-se de um sanduiche de pão com carne servido com o molho da própria carne. Na versão empratada, é comum vir acompanhado de fritas.
  • Pastéis de bacalhau – São os nossos bolinhos de bacalhau, mas enormes, recheados com queijo da serra e servidos quentes! Para os portugueses um sacrilégio, porém eles estão fazendo um sucesso e são uma delícia!
  • Arroz de Pato – Um arroz molhadinho com pato desfiado e fatias de chouriço. O pato é cozido até estar desfiando, suave quando chega à boca.
  • Conservas – Você vai encontrar conservas de todos os tipos de pescado – atum, salmão, sardinha, bacalhau – tem pra todo gosto! Não deixe de levar algumas pra casa, são deliciosas!
  • Alheiras a Mirandela – É uma linguiça recheada com carnes defumadas, migas de pão (farinha ou farinheira) e temperos. O sabor é forte e uma textura um pouco mais macia que a da nossa linguiça. Há relatos que a alheira nasceu no século XV, um prato histórico criado por judeus que para fugir da perseguição e se camuflar entre os cristãos, defumando linguiças em sua casa, porém, como não comiam porco, faziam de pão.
  • Bolinhos de Leitão – Parece um risoles frito de carne de porco mas geralmente é feito com as sobras do famoso leitão a bairrada.
  • Embutidos – todos os embutido são de altíssima qualidade, em especial o presunto cru. O Pata Negra é o mais caro, um presunto cru especial. Os queijos da Serra da Estrela também são perfeitos, molinhos no meio.
  • Polvo Grelhado – uma carne de polvo bem macia, grelhada com temperos e servido com batatas, espinafre e legumes. Importante pesquisar onde comer pois uma carne de polvo mau feita não terá o mesmo efeito.

Doces

Doce é um assunto tão importante que fizemos um post só pra ele com a lista de todas as variedades e doces imperdíveis na terrinha. Clica aqui.

Bebidas

  • Bares: Museu d’Avó, Café Espaço 77, Adega Leonor, Piolho (Porto)
  • Ginja no copinho de chocolate (Óbidos)
  • Vodka preta
  • Vinhos: El Corte Ingles de Gaia/ Wine o´clock em Matosinhos
    • Vinhos Alentejanos
    • Favaitos/ Moscatel
    • Vinhos do Porto
    • Vinhos Verde: branco, suave e com um pouco de bolhas (nada perto de um espumante).
    • Vinhos de Mesa: tintos, brancos, verdes e rosés. A jarra de vinhos de mesa é com 1 litro de vinho.
  • Cervejas: Sagres, Super Bock
  • Mazagran – Café batido com gelo e limão. É uma bebida de origem argelina, porém os portugueses adoram e é vendida em quiosques na rua.

Nosso mapa interativo de Portugal pra você salvar no seu Smartphone e ver offline lá, todos os lugares citados, estão aqui:

Deixe um comentário ou pergunta