Artigos Manual do Viajante Artigos

17 erros que todos cometem na primeira viagem

Parabéns, você reservou seu primeiro voo! Há apenas alguns passos mais entre você e uma experiência de voo contínua. Se você é como a maioria das pessoas, explorar algo novo – como a cabine de um avião – pode ser assustador. Embora ninguém confunda a saída de emergência com o banheiro, há alguns erros comuns que os viajantes novatos freqüentemente cometem. Por sorte, uma vez que você sabe quais são esses erros, será fácil evitar.
Segue nossa lista nos erros mais cometidos:

Esquecer de reservar um lugar específico

Se você preferir os corredores ou janelas para fugir de bancos do meio ou assentos que não reclinam, certifique-se de escolher o seu assento cedo. Se você esqueceu, ou você não conseguiu escolher um assento quando comprou sua passagem, faça o login no site da companhia aérea o mais rápido possível. Em seguida, use os mapas de SeatGuru para ajudá-lo a escolher o melhor assento pra você. Não liberaram marcar o assento? Cadastre-se no ExpertFlyer, para ser alertado quando o seu lugar preferido for liberado para reservas.

Muita bagagem

A regra geral quando você lota a mala para uma viagem é um sinal de que você não precisa de tudo que você pensa que precisa. Nós temos uma lista do que não esquecer, pra garantir que você não pense demais, leve o desnecessário e acabe esquecendo do essencial.

Supondo que seu acompanhamento é o tamanho certo

As viagens domésticas e internacionais têm um conjunto diferente de regras quando se trata de tamanhos de bolsas de transporte. Antes de dirigir-se ao aeroporto com o sua bagagem, certifique-se de que você tem franquia de bagagem despachada inclusa, ou se sua mala se qualifica como um carry-on. Verifique as restrições de tamanho da sua companhia aérea antes de sair de casa.

Líquidos grandes na bagagem de mão

Se você não está despachando bagagem, lembre-se de que os líquidos, géis e aerossóis continuam a ser de 100ml ou menos, e que devem estar em um saco transparente. Não adianta tentar passar com embalagens maiores, mesmo que o conteúdo seja de menos de 100ml, você vai arriscar perder itens muito preciosos.

Expiração do passaporte vencida

Não há nada como o pânico de reservar férias espontâneas e perceber que seu passaporte expirou – ou não perceber que seu RG é antigo demais pra ser aceito no tratado do Mercosul. Para apimentar o desafio, acrescente que alguns países não aceitam passaportes com validade menor que 6 meses da data de retorno. Em suma, nunca esqueça de verificar a data de validade do seu passaporte e, se necessário, renová-lo antes da sua próxima grande viagem.

Nossa dica aqui é, faltam 8 meses pra vencer? Já troque, não espere pintar uma viagem, esteja sempre pronto.

Não verificar duas vezes o seu itinerário

Viajar entre fusos horários ou em todo o mundo pode ser confuso. É por isso que sempre vale a pena tomar uma dica do Papai Noel: fazer uma lista e verificá-la duas vezes. Percorra o seu itinerário, confirme o seu aeroporto (É comum haver mais de um por cidade, certifique-se se ir para o certo), seus tempos de conexão (a distancia de um portão para o outro pode te pregar peças) E seus bilhetes de avião, incluindo se o seu nome está ou não escrito corretamente em seus documentos.

Enquanto você está confirmando essa lista, confirme também suas reservas para tudo, desde hotéis, vôos, trens, ônibus, seguros e grupos de turismo.

Se perder quando tem horário apertado

Em primeiro lugar, com a atitude certa, perder-se enquanto viaja pode ser divertido. Uma curva errada pode levá-lo a uma nova praia, um novo restaurante ou um bairro que de outra forma nunca teria descoberto. No entanto, ficar perdido tendo um compromisso pode ser estressante.Não se esqueça de usar mapas, pegue o cartão de visita do seu hotel para que você tenha seu endereço prontamente disponível para entregar aos motoristas de táxi e baixe os mapas que colocamos em nossos roteiros no seu celular, assim você pode usar o Google Maps offline. Quando você tiver acesso ao Wi-Fi, mapeie sua rota e capture o mapa ou baixe no modo off-line do Google Maps, o que permite que você use o mapa, mas não os dados. Falando em telefones …

Desconsiderar seu plano de telefone

Antes de sair do país, busque on-line ou ligue para o seu provedor de internet para comprar roaming de dados e plano de chamada internacional. Se você não quiser usar seu telefone enquanto viaja para o exterior, desligue o roaming de dados em seu telefone, ou até retire o chip pra evitar erros, a menos que queira arriscar uma conta de telefone robusta. Faça o download de aplicativos de viagem antes da sua viagem e use-os quando estiver no Wi-Fi do hotel. (TripAdvisor, GoogleMaps, Booking, Mapas de transportes, Uber…)

Trocar muito dinheiro antes de viajar

É uma boa ideia ter alguma moeda local disponível quando você pousar, mas não exagere. Muito dinheiro causa um desastre se for roubado ou perdido.

A maioria dos viajantes inexperientes faz cambio no aeroporto e paga taxas e cotações absurdas! Seja malando e troque apenas o do transporte, o resto é na cidade.

Troque aos poucos e controle seu orçamento dia a dia. Se você ficar sem dinheiro, é fácil retirar mais dinheiro em um banco local ou ATM na maioria dos países.

Para saber mais sobre como trocar dinheiro, clique aqui.

Esquecer de alertar seu banco de suas férias

Há poucas coisas mais frustrantes do que ter seu cartão de crédito congelado quando você está de férias porque seu banco acha que seu cartão foi roubado. Antes de ir, informe o departamento de fraude da sua empresa de cartão de crédito que você está saindo do país.

Enquanto você está no telefone com sua empresa de cartão de crédito, peça-lhes que lhe enviem um cartão de crédito com um chip nele (se você ainda não tiver um). Enquanto a maioria dos lugares ainda pode deslizar a tarja magnética, muitos países já dependem da tecnologia de chips para coisas como máquinas de bilhetes de trem, postos de gasolina e compras de alimentos. Ter uma opção de cartão de chip pode facilitar sua vida quando você viaja.

Cartões de Crédito Forgoing

Atualmente as melhores taxas de câmbio (após a taxa de dinheiro em espécie) são freqüentemente encontradas usando seu cartão de crédito. Quando o funcionário de vendas pergunta se você quer a cobrança em dólares ou a moeda local, opte sempre pelo dinheiro local, como geralmente acabará com uma taxa melhor.

Dito isto, encontre-se um cartão de crédito que não tenha taxas elevadas de transações estrangeiras.

Usar sapatos desconfortáveis

As férias não são o momento de estrear o par de saltos plataforma novinhos. Confie em nós. Mas se você tiver algum tempo antes da sua viagem, recomendamos testar e amaciá-los, assim pode ser que sirvam. Nossa dica é sempre levar sapatos versáteis e confortáveis, assim você não precisará de muita variedade e não precisará abandonar um no meio da viagem por te causar bolhas.

Ignorar a pesquisa

As férias de forma livre podem ser muito divertidas, mas mesmo se você estiver indo em uma viagem rápida, sem um itinerário e apenas quiser ver onde o dia o leva, passe alguns minutos pesquisando alguns princípios básicos. Pesquise como utilizar o transporte (E se há Uber, a maneira mais fácil de se deslocar em qualquer lugar – Use o código 9suy26p4ue e ganhe R$10 de desconto), ler sobre quanto você deveria pagar de gorjeta no país que está visitando e encontrar pelo menos um bom restaurante e um local histórico imperdível. Aqui no Blog temos dicas de vários lugares, se não achar de algum específico, escreve que a gente te ajuda. 😉

Exagerar na programação

Muitos de nós tiramos férias curtas, o que significa que temos que absorver muita cultura, comida e relaxamento em um período de tempo incrivelmente curto. Para maximizar o tempo de férias, testamos várias formas de viagem e chagamos a uma conclusão: Dias corridos podem te deixar acabado. Se não é isso que você procura, deixe algum espaço em sua agenda para relaxar ou você pode acabar precisando de férias das suas férias.

Ser muito medroso

Você está de férias, então abrace seu destino. Experimente novos alimentos, converse com os locais, explore seus arredores e mergulhe no seu novo ambiente.

Entrar em pânico

Acompanhe o conselho de Douglas Adams do The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy : “A coisa mais importante que um viajante precisa lembrar se fazer no caminho do tempo e do espaço ou simplesmente para Cleveland é esta: Não se apavorar.” As coisas acontecem tanto em casa quanto em na estrada e, enquanto as conexões perdidas, os bilhetes de trem perdidos ou as reservas de hotéis que desaparecem podem ser incrivelmente frustrantes, o pânico não ajuda nada. Mantenha uma cabeça legal e até o final do dia, você provavelmente terá uma ótima história a contar, tudo se transforma em experiências! 🙂

Não fazer um seguro de viagem

Já vi muitos amigos entrando em uma fria e desperdiçando dinheiro de viagens futuras por não se precaver e fazer um seguro pra viagem atual. Nós já precisamos usar mais de uma vez, e te digo com certeza: o seguro não é apenas pelo valor que custaria, e sim pela paz de espírito de saber que se der uma merda, você tem uma instituição séria para recorrer e receber suporte. Caso queira fazer uma cotação com a seguradora que fazemos, clique aqui, ou faça a busca na barra lateral aqui do blog.

LEAVE A COMMENT